Visto em DVD(The Brave One, EUA/AUS, 2007)

Drama

Direção: Neil Jordan

Elenco: Jodie Foster, Terrence Howard, Nicky Katt, Naveen Andrews, Mary Steenburgen, Luis da Silva Jr., Blaze Foster, Rafael Sardina

Roteiro: Roderick Taylor, Bruce A. Taylor, Cynthia Mort

Duração: 122 min.

Minha nota: 4/10

Já não fui com a cara deste filme desde o primeiro momento, tanto que esperei para conferir em dvd e, mesmo assim, não fui eu quem o trouxe para casa. Mesmo sabendo que o diretor era Neil Jordan , dos lentos mas bons Traídos pelo Desejo, Café da Manhã em Plutão e Fim de Caso, a cara de Jodie Foster no poster e a sinopse não me despertaram a menor curiosidade.

Uma radialista tem um programa diário de crônicas sobre a cidade e está completamente apaixonada pelo namorado médico. A felicidade dura até o dia em que ambos são atacados, roubados e espancados por uma gang.

Logo no começo do filme, pensei que poderia estar enganada. A primeira história narrada, acompanhada de várias cenas de Nova York, é muito interessante e a conexão das cenas do hospital com as de uma noite de amor entre o casal também.

Mas pára por aí. Depois disso, o filme vai perdendo tudo. O desenrolar lento demais transforma o programa em um sacrifício para lá de entediante. Seguir o plano de vingança da personagem principal vir, então, um exercício de paciência, mas melhora pouco depois da primeira hora do filme, quando alguma coisa começa, realmente, a acontecer.

A lentidão não é o único problema. O roteiro tem tantos furos quanto uma peneira e, entre tantos, podemos destacar quando o policial reconhece a radialista depois de vê-la completamente desfigurada no hospital depois do ataque.

Além disso, as soluções são bobas e o resultado final não consegue chegar nem perto dos trabalhos anteriores do diretor.

A atuação de Foster, apesar de não ser completamente ruim, está carregada de caras e bocas clichês e de momentos de inexpressividade total. Mas talvez o clima todo do filme tenha me deixado mais crítica quanto a ela, pois o papel lhe rendeu indicações ao Globo de Ouro e ao Prêmio Irlandês de Cinema e Televisão.

Quando os créditos aparecem, não conseguimos perceber qual era a verdadeira intenção do diretor e nem o porquê de termos ficado tanto tempo assistindo aquilo.

Para mim, uma bola fora total. Bom para assistir quando for obrigado, ou quando estiver passando por acaso na televisão. Se tiver escolha, melhor ficar com um dos muitos filmes que se quer ver, mas não se teve a oportunidade.

Um Grande Momento

As imagens fundidas do socorro no hospital e do casal fazendo amor.


Prêmios e indicações (as categorias premiadas estão em negrito)

Globo de Ouro: Atriz (Jodie Foster)

Links

Site Oficial

Imdb