(Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa, BRA, 2013)

Drama
Direção: Gustavo Galvão
Elenco: Vinícius Ferreira, Marat Descartes, Leonardo Medeiros, Maria Manoella, Catarina Accioly, Mário Bortolotto, Klarah Lobato, Luma Le Roy, Chico Sant’Anna
Roteiro: Gustavo Galvão, Bernardo Scartezini e Cristiane Oliveira
Duração: 96 min.
Nota: 4 ★★★★☆☆☆☆☆☆

Para alguns, Brasília é um lugar que aprisiona almas. Pela falta de gente nas ruas e uma estrutura habitacional que dificulta a convivência entre as pessoas, pelas poucas opções de lazer, pela realidade do comodismo e pouca variabilidade do funcionalismo público, pelas longas distâncias.

Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa parece uma reação a tudo isso. Um grito desesperado por qualquer sensação de mudança de vida, a dose violenta de qualquer coisa da qual o título fala.

Sem avisar a ninguém, Pedro, um brasiliense entediado, pega a estrada sem um rumo definido e acaba conhecendo o conterrâneo Lucas, que passa a ser seu companheiro de viagem. A jornada é frenética. Quase nada dá certo e poucos acontecimentos fazem sentido.

A ideia do filme, roteirizado pelo diretor Gustavo Galvão e por Bernardo Scartezini e Cristiane Oliveira, é interessante e pertinente, principalmente para aqueles que conhecem a Capital Federal. Porém, alguma coisa foge do esperado e o filme sofre com uma falta de conexão que complica bastante as coisas.

Ainda que o que se queira mostrar seja frenético e urgente, as opções de filmagem e montagem poderiam ter sido um mais equilibradas. A trilha sonora, apesar de premiada com o Troféu Câmara Legislativa no Festival de Brasília, é um dos grandes problemas do filme, justamente pelo exagero com que é utilizada.

Por outro lado, há a boa fotografia de André Carvalheira e ótimas atuações de Marat Descartes e Leonardo Medeiros. Mas, mesmo que isso some à premissa muito interessante, não é o bastante para fazer o filme chegar lá. A sensação que fica é a de que, mesmo sobrando tanta coisa, falta algo ao que se vê nas telas.

E a sensação não se restringe àqueles que nunca moraram em Brasília. Ela serve para os nativos de lá também.

Um Grande Momento:
A viagem do trio.

Uma-dose-violenta-de-qualquer-coisa_poster

Links

No IMDb