(A Perfect Day, ESP, 2015)

Comédia
Direção: Fernando León de Aranoa
Elenco: Benicio Del Toro, Tim Robbins, Olga Kurylenko, Mélanie Thierry, Fedja Stukan, Eldar Residovic, Sergi López
Roteiro: Paula Farias (romance), Fernando León de Aranoa, Diego Farias
Duração: 106 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆

A abordagem de ajudas humanitárias no cinema costuma ser sempre carregada de negatividade e pessimismo. Em Um Dia Perfeito, Fernando León de Aranoa (Princesas) abandona esse viés para mostrar um outro lado do cotidiano dessas pessoas que abdicam da própria vida para ajudar os necessitados.

No filme, acompanhamos a jornada de um grupo para tentar retirar um corpo em decomposição de dentro do poço que abastece uma pequena cidade, em uma zona de conflito, com água potável. Longe de ser um acidente, aquele corpo fora jogado ali por grupos rivais, exatamente com esse objetivo.

Obviamente que o que se vê não é nada positivo, todos os acontecimentos são cercados de tristeza e desilusão, mas o humor que León de Aranoa emprega em sua história, faz ver um outro lado da ajuda humanitária, aquele de estar lá para tentar superar essas adversidades e ajudar, com a maior boa vontade possível.

Veja bem que não há aqui o alívio da gravidade da situação pelo humor, como outros filmes fazem, mas a convivência em situações diversas, umas devastadoras e outras que chegam a ser engraçadas dada a comicidade dos muitos contratempos que permeiam o cotidiano daquele grupo.

O longa-metragem é baseado no romance de Paula Faria, ex-presidente do Médicos sem Fronteiras, que dedicou sua vida à ajuda humanitária. Como não poderia deixar de ser, enquanto o livro foca mais nas sensações e sentimentos, o filme retrata as ações daquele grupo, sem desprezar os sentimentos, mas dando menos espaço a eles.

O elenco conta com nomes como Benicio Del Toro (Sicario: Terra de Ninguém), Tim Robbins (Um Sonho de Liberdade), Olga Kurylenko (Oblivion), Mélanie Thierry (Um Novo Caminho) e Fedja Stukan (Na Terra de Amor e Ódio), todos completamente conscientes de seus papéis e da alternância de sentimentos que precisariam empregar na construção daqueles personagens para que eles sigam em frente. Como surpresa, está a atuação do pequeno Eldar Residovic, em seu primeiro filme, que passa a fazer parte do cotidiano daquele grupo após oferecer uma solução para o problema e acaba sendo muito importante para a trama.

Um Dia Perfeito é um filme que ganha muitos pontos por simplesmente voltar suas câmeras para as ações daquele grupo, cheio de iniciativa e vontade. Trazendo às telas o humor que é fundamental para que eles permaneçam sãos e empenhados nas funções que escolheram ter como desafio de vida.

No meio de tanto caos e babárie, desolação e miséria humana, existe um quê de positivo, esses homens e mulheres que abandonam o conforto de suas casas e enfrentam diversos contratempos para trazer algum alento às vítimas da ignorância humana.

Um Grande Momento:
O cachorro.

A-perfect-day_poster

Links

No IMDb