Um Corpo Que CaiDesde 1952, a tradicional revista Sight & Sound do Instituto de Cinema Britânco (BFI), realiza uma pesquisa com centenas de críticos e acadêmicos de todo o mundo, para eleger os melhores filmes da história do cinema. Com exceção do primeiro ano – que elegeu como melhor filme Ladrões de Bicicletas (1948), de Vittorio de Sica – Cidadão Kane (1941), de Orson Welles, permaneceu soberano em todas as edições seguintes, ocorridas a cada dez anos. Desta vez, porém, a obra-prima de Welles foi desbancada pelo clássico Um Corpo que Cai (1958), de Alfred Hitchcock.

A revista publica ainda, desde a década de 90, uma lista com as preferências de importantes diretores de cinema, como Woody Allen, Francis Ford Coppola e Martin Scorsese. O vencedor da edição atual foi Era uma Vez em Tóquio (1953), de Yasujiro Ozu.

Segue as duas listas abaixo:

Melhores filmes de todos os tempos pelos críticos

1. Um Corpo Que Cai (Alfred Hitchcock, 1958)
2. Cidadão Kane (Orson Welles, 1941)
3. Era uma Vez em Tóquio (Yasujiro Ozu, 1953)
4. A Regra do Jogo (Jean Renoir, 1939)
5. Aurora (Friedrich-Wilhelm Murnau, 1927)
6. 2001 – Uma Odisséia no Espaço (Stanley Kubrick, 1968)
7. Rastros de Ódio (John Ford, 1956)
8. O Homem da Câmera (Dziga Vertov, 1929)
9. A Paixão de Joana d’Arc (Carl Theodor Dreyer, 1927)
10. Oito e Meio (Federico Fellini, 1963)
11. O Encouraçado Potemkin (Sergei Eisenstein, 1925)
12. O Atalante (Jean Vigo, 1934)
13. Acossado (Jean-Luc Godard, 1960)
14. Apocalypse Now (Francis Ford Coppola, 1979)
15. Pai e Filha (Yasujiro Ozu, 1949)
16. A Grande Testemunha (Robert Bresson, 1966)
17. Os Sete Samurais (Akira Kurosawa, 1954)
17. Persona (Ingmar Bergman, 1966)
19. O Espelho (Andrei Tarkovsky, 1974)
19. Cantando na Chuva (Stanley Donen e Gene Kelly, 1951)
21. A Aventura (Michelangelo Antonioni, 1960)
21. O Desprezo (Jean-Luc Godard, 1963)
21. O Poderoso Chefão (Francis Ford Coppola, 1972)
24. A Palavra (Carl Theodor Dreyer, 1955)
24. Amor à Flor da Pele (Wong Kar-Wai, 2000)
26. Rashomon (Akira Kurosawa, 1950)
26. Andrei Roublev – O Artista Maldito (Andrei Tarkovsky, 1966)
28. Cidade dos Sonhos (David Lynch, 2001)
29. Stalker (Andrei Tarkovsky, 1979)
29. Shoah (Claude Lanzmann, 1985)
31. O Poderoso Chefão 2 (Francis Ford Coppola, 1974)
31. Taxi Driver (Martin Scorsese, 1976)
33. Ladrões de Bicicletas (Vittorio De Sica, 1948)
34. A General (Buster Keaton e Clyde Bruckman, 1926)
35. Metrópolis (Fritz Lang, 1927)
35. Psicose (Alfred Hitchcock, 1960)
35. Jeanne Dielman, 23 quai du Commerce 1080 Bruxelles (Chantal Akerman, 1975)
35. Sátántangó (Béla Tarr, 1994)
39. Os Incompreendidos (François Truffaut, 1959)
39. A Doce Vida (Federico Fellini, 1960)
41. Viagem Pela Itália (Roberto Rossellini, 1954)
42. A Canção da Estrada (Satyajit Ray, 1955)
42. Quanto Mais Quente Melhor (Billy Wilder, 1959)
42. Gertrud (Carl Theodor Dreyer, 1964)
42. O Demônio das Onze Horas (Jean-Luc Godard, 1965)
42. Playtime – Tempo de Diversão (Jacques Tati, 1967)
42. Close-Up (Abbas Kiarostami, 1990)
48. A Batalha de Argel (Gillo Pontecorvo, 1966)
48. Histoire(s) du cinéma (Jean-Luc Godard, 1998)
50. Luzes da Cidade (Charles Chaplin, 1931)
50. Contos da Lua Vaga (Kenji Mizoguchi, 1953)
50. La Jetée (Chris Marker, 1962)

Melhores filmes de todos os tempos pelos diretores

1. Era uma Vez em Tóquio (Yasujiro Ozu, 1953)
2. 2001 – Uma Odisséia no Espaço (Stanley Kubrick, 1968)
2. Cidadão Kane (Orson Welles, 1941)
4. Oito e Meio (Federico Fellini, 1963)
5. Taxi Driver (Martin Scorsese, 1980)
6. Apocalypse Now (Francis Ford Coppola, 1979)
7. O Poderoso Chefão (Francis Ford Coppola, 1972)
7. Um Corpo que Cai (Alfred Hitchcock, 1958)
9. O Espelho (Andrei Tarkovsky, 1974)
10. Ladrões de Bicicletas (Vittorio De Sica, 1948)