36ª MostraComédia
Direção: Rubens Rewald, Rossana Foglia
Elenco: Marat Descartes, Renata Jesion, Clarissa Kiste, Jair Rodrigues
Roteiro: Rubens Rewald
Duração: 94 min.
Nota: 3 ★★★☆☆☆☆☆☆☆
(Super Nada, BRA, 2012)

Guto (Marat Descartes) é um paulistano em busca de oportunidades que façam a sua carreira como ator engrenar. A primeira grande chance da sua vida surge quando é convidado para participar de um esquete do Super Nada, humorístico do qual é fã confesso. As expectativas vão se frustrando a partir do instante em que se envolve com Zeca (o cantor Jair Rodrigues), o velho protagonista da atração.

Rubens Rewald e Rossana Foglia estrearam como diretores de longa-metragem em 2007 com Corpo, thriller protagonizado por Leonardo Medeiros e pouco visto devido ao seu lançamento restrito no circuito comercial. Alguns anos depois, a dupla (com Rossana Foglia como co-diretora) retorna com uma história em que apresenta humor ao registrar a vida difícil levada pelos atores que se dedicam em agarrar um grande papel.

Infelizmente, o resultado final é comprometido por uma condução que se mostra indecisa ao misturar os tormentos profissionais com a vida particular do protagonista. Faltou maior precisão na montagem de Willem Dias e a interação de Guto com seus colegas intérpretes são mostrados superficialmente.

Se Super Nada não é completamente aborrecido é porque a espontaneidade de Jair Rodrigues e especialmente o talento de Marat Descartes não nos deixam tão desconfortáveis na poltrona. Mas é só.

Um Grande Momento

O primeiro ensaio de Guto no Super Nada.

Links

No IMDb Site Oficial