(Love Actually, ING/EUA, 2003)

Comédia
Direção: Richard Curtis
Elenco: Bill Nighy, Colin Firth, Liam Neeson, Emma Thompson, Martin Freeman, Keira Knightley, Hugh Grant, Laura Linney, Alan Rickman, Rodrigo Santoro, Martine MacCutcheon, Billy Bob Thornton, Rowan Atkinson, Claudia Schiffer, Chiwetel Ejiofor, Andrew Lincoln, Thomas Sangster
Roteiro: Richard Curtis
Duração: 135 min.
Nota: 8 ★★★★★★★★☆☆

Todo mundo já sabe que Richard Curtis sabe emocionar as mulheres com seus roteiros. Ele foi o responsável por pérolas do cinema “água com açúcar” como Quatro Casamentos e um Funeral, Um Lugar Chamado Notting Hill e o Diário de Bridget Jones.

Em sua estréia na direção não poderia ser diferente. Com roteiro próprio, ele presenteia o espectador com várias histórias de amor, encontros e despedidas. E o foco não é apenas a relação amorosa em todos os suas demonstrações, as relação de amizade e de pais e filhos também são tratadas com muito carinho.

O texto inicial nos convida para uma viagem dentro das relações humanas e, com o decorrer do filme, percebemos que todas as pessoas, indiferente de seus países, raça ou sexo, são todas parecidas e acabam sempre sentindo as mesmas coisas.

O elenco é perfeito e a dedicação dos atores pode ser percebida nos mínimos detalhes. Isso, junto a um roteiro muito bem amarrado e a uma trilha sonora muito bonitinha, fazem do filme um sucesso.

Destaque especial para Bill Nighy, engraçadíssimo como o cantor de rock e Emma Thompson, como a esposa esquecida. O menino Thomas Sangster é uma fofura e, com suas conversas têm uma participação toda especial no filme. O brasileiro Rodrigo Santoro não está mudo, como em As Panteras, mas não tem uma grande participação, apesar de aparecer de cuecas.

Para não dizer que o filme é perfeito, a história do inglês que vai conhecer os Estados Unidos não me agrada, mas é bom ver alguém fazendo com eles o que eles fazem com o resto do mundo e retratando as mulheres do lugar como fúteis, vazias e devassas.

Diferente dos roteiros anteriores, o filme conquista também os homens ao tratar temas que vão além de romances, como a dedicação à mãe e a relação de padastro e enteado. Um filme lindo. Vale a pena conferir.

Um Grande Momento

O pedido de casamento em português.

Simplesmente-Amor_poster

Links

No IMDb