A Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura escolheu o título que pode ser o representante brasileiro no Oscar.

O novo filme de Sérgio Rezende, Salve Geral, que trata da onda de atentados do PCC que assombrou a capital paulista, foi o escolhido.

Os acontecimentos reais foram romanceados, nomes foram modificados e muito da força do filme vem do elenco, capitaneado pelas excelentes Andréa Beltrão e Denise Weinberg.

Embora tenha potencial de conquistar fãs, Salve Geral tem graves defeitos e não é melhor do que alguns dos outros concorrentes (como Se Nada Mais Der Certo) e, por ser tão regional, talvez seja um título difícil chegar aos cinco indicados da Academia.

Os outros filmes selecionados para concorrer à vaga do Brasil no Oscar foram Besouro, de João Daniel Tikhomiroff; Síndrome de Pinnochio – refluxo, de Thiago Moyses; Jean Charles, de Henrique Goldman; Feliz natal, de Selton Mello; A festa da menina morta, de Matheus Nachtergaele; O menino da porteira, de Jeremias Moreira; Se nada mais der certo, de José Eduardo Belmonte; Budapeste, de Walter Carvalho, e O contador de histórias, de Luiz Villaça.

A cerimônia do Oscar está prevista para o dia 7 de março de 2010. Estamos na torcida!