(Epic, EUA, 2013)

Animação
Direção: Chris Wedge
Roteiro: William Joyce (romance), James V. Hart, Daniel Shere, Tom J. Astle, Matt Ember, Chris Wedge
Duração: 102 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆

Iniciativas que buscam colocar lado a lado o desenvolvimento humano e a preservação ambiental são cada vez mais comuns. Os constantes sinais da mãe natureza de que algo está fora da ordem têm despertado a preocupação não apenas dos ambientalistas, mas também da população em geral.

Em Reino Escondido, animação da Blue Sky Studios (Rio A Era do Gelo), a natureza conta com a ajuda de um exército de guerreiros imperceptíveis a olho nu, os homens folhas, que combatem as forças do mal garantindo a preservação. O professor Bomba é um cientista que dedicou muitos anos pesquisando a existência destes e de outros seres na natureza, mas a falta de comprovação de suas teorias e a obsessão pelo trabalho culminaram, entre outras coisas, no fracasso de seu casamento.

Dr. Bomba vive sozinho, até que sua filha única, Maria Catarina ou simplesmente MC, após o falecimendo da mãe, muda-se para sua casa. Durante uma ida à floresta nos arredores da casa em que vive, a jovem depara-se com o local onde estão os seres que seu pai tanto procura e acaba sendo transportadora para aquele universo.

É neste reino escondido que a Rainha Tara, um tipo de guardiã dos poderes da natureza, vive juntamente com seus súditos das mais variadas espécies. A missão de protegê-la fica a cargo dos homens folhas capitaneados pelo General Ronin. Baseado no livro “The Leaf Men and The Brave Good Bugs”, Reino Escondido é uma fábula sobre a relação do homem com o meio em que vive.

O que mais chama atenção no filme é seu apuro visual. Os animais, a flora e os ambientes em geral foram construídos de forma tão cuidadosa que, em alguns momentos, passam a impressão de serem reais e não resultado de computação gráfica. A riqueza de detalhes pode ser notada em situações como o desfazer das pétalas ao passar do vento, o reflexo da luz ao bater na água e nas pequenas rachaduras e sujeiras ao redor do quarto de MC, que dão a sensação do tempo que ela passou longe do pai. Além disto, a montagem das cenas de ação tornam Reino Escondido uma experiência visual impecável.

A boa sacada do roteiro está em direcionar o olhar dos humanos para os microscomos existentes na natureza. A transformação de M.C. em mais um componente daquela sociedade, faz com que meio ambiente seja visuzaizado sob o ponto de vista dos pequeninos seres. Diversas metáforas vão surgindo ao longo da história, trazendo com elas reflexões sobre o papel de cada elemento neste ecossistema em que vivemos.

Ainda que em alguns momentos o filme desvie da proposta original, focando nas cenas de ação, e apenas pincele, sem desenvolver, outros temas presentes na história, não se pode negar as qualidades da produção.

Plasticamente belo, apoiado em uma competente trilha sonora de Danny Elfman e recheado de mensagens em prol da natureza, Reino Escondido é o tipo de história que agrada em cheio todos os públicos.

Um Grande Momento:
A cerimônia do botão de rosa.

Reino-escondido_poster

Links

No IMDb Site Oficial