Visto em DVD(Planet Terror, EUA, 2007)

Terror

Direção: Robert Rodriguez

Elenco: Rose McGowan, Freddy Rodríguez, Josh Brolin, Marley Shelton, Bruce Willis, Naveen Andrews, Stacy Ferguson, Nicky Katt, Quentin Tarantino, Michael Biehn, Jeff Fahey

Roteiro: Robert Rodriguez

Duração: 105 min.

Minha nota: 7/10

Quando ouvi falar de Grindhouse confesso que fiquei bem interessada no projeto. Claro que muito mais com a participação de Quentin Tarantino na direção de À Prova de Morte, mas com uma pontinha de curiosidade pela versão de Robert Rodriguez para histórias de zumbis. Acontece que o filme de Tarantino foi lançado individualmente em festivais e estava listado no Festival Internacional de Brasília. Assisti, adorei e acabei esquecendo dos mortos-vivos de Rodriguez, que nem eram tão mortos assim.

Agora, depois de tanto tempo, resolvi pegar o dvd e, apesar de achar inferior à história do dublê maníaco de Tarantino, me diverti vendo toda aquela confusão. O roteiro se aproveita de vários outros filmes do gênero e acaba sendo uma espécie de homenagem trash a Rogerio Romero e John Carpenter, recheada de cenas exageradas, muito sangue e tomadas para lá de toscas.

Uma arma biológica é criada e, após um desentendimento, acaba contaminando toda uma cidade. Depois disso são várias pessoas cheias de bolha, derretendo e necrosando, famintas por cérebro humano. Várias histórias acabam se encontrando na fuga da cidade: uma médica frustada no casamento que planeja matar o marido; o dono de uma steak house que busca a receita para o molho de barbecue perfeito e esconde suas receitas do irmão xerife; a stripper que não agüenta mais a vida que leva e se reencontra com o namorado e outras.

A história é boba e não é muito original, mas é divertida e Romero sabe como deixar ainda mais exagerado e absurdo algo que já vimos tantas vezes. Porém, a escatologia pode ser excessiva para estômagos sensíveis, como quando o soldado resolve transar com Cherry, e algumas brincadeiras podem irritar os fãs do gênero e aqueles que esperavam alguma coisa mais séria.

Rodriguez parece, depois de tanto trabalho, ter se divertido bastante fazendo o filme. Além do roteiro, direção e produção, ele também responde pela fotografia, pela trilha sonora e pela edição.

Uma boa pedida se a idéia é rir um pouco e assistir a algo bem diferente do que já conhecemos. É bom lembrar que o filme é feito para ser trash e, por isso, não podemos esperar grandes diálogos e cenas. Não sei como ficou a montagem de Grindhouse com os dois títulos (À Prova de Morte e Planeta Terror), mas acredito que seja uma boa idéia. Assim, os dois ficam pelo preço de um.

Não deixem de conferir o trailer que antecede o filme, Machete, para lá de tosco.

Um Grande Momento

Cherry usando sua automática, várias vezes.


Links

Site Oficial

Imdb