Aconteceu hoje (27) a 83ª edição da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

Este ano a cerimônia mais badalada da indústria cinematográfica estadunidense foi apresentada pela dupla de atores James Franco e Anne Hathaway.

A entrega dos prêmios foi transmitida online pelo Cenas de Cinema e aqui estão os resultados.

Melhor Filme

  • O Discurso do Rei (The King’s Speech)

Outros indicados:

  • 127 Horas (127 Hours)
  • Cisne Negro (Black Swan)
  • O Vencedor (The Fighter)
  • A Origem (Inception)
  • Minhas Mães e Meu Pai (The Kids Are All Right)
  • A Rede Social (The Social Network)
  • Toy Story 3 (Toy Story 3)
  • Bravura Indômita (True Gift)
  • Inverno da Alma (Winter’s Bone)

Melhor Ator

  • Colin Firth – O Discurso do Rei

Outros indicados:

  • James Franco – 127 Horas
  • Javier Barden – Biutiful (Biutiful)
  • Jeff Bridges – Bravura Indômita
  • Jesse Eisenberg – A Rede Social

Melhor Atriz

Outros indicados:

  • Annette Bening – Minhas Mães e Meu Pai
  • Nicole Kidman – Reencontrando a Felicidade (Rabbit Hole)
  • Michelle Williams – Namorados Para Sempre (Blue Valentine)
  • Jennifer Lawrence – Inverno da alma

Melhor Diretor

  • Tom Hooper – O Discurso do Rei

Outros indicados:

  • David Fincher – A Rede Social
  • Darren Aronofsky – Cisne Negro
  • Joel e Ethan Coen – Bravura Indômita
  • David O. Russell – O Vencedor

Melhor Canção

  • “We Belong Together”, de Toy Story 3 – Musica e letra de Randy Newman

Outros indicados:

  • “Coming Home”, de Country Strong – Musica e letra de Tom Douglas, Troy Verges e Hillary Lindsey
  • “I See the Light”, de Enrolados – Música de Alan Menken e letra de Glenn Slater
  • “If I Rise”, de 127 Horas – Música de A.R. Rahman e letra de Dido e Rollo Armstrong

Melhor Edição

  • A Rede Social – Angus Wall e Kirk Baxter

Outros indicados:

  • Cisne Negro – Andrew Weisblum
  • O Vencedor – Pamela Martin
  • O Discurso do Rei – Tariq Anwar
  • 127 Horas – Jon Harris

Melhores Efeitos Visuais

Outros indicados:

Melhor Documentário

  • Trabalho Interno (Inside Job) – Charles Ferguson e Audrey Marrs

Outros indicados:

  • Exit through the Gift Shop – Banksy e Jaimie D’Cruz
  • Gasland – Josh Fox e Trish Adlesic
  • Restrepo Tim Hetherington e Sebastian Junger
  • Lixo Extraordinário (Waste Land) Lucy Walker e Angus Aynsley

Melhor Curta-Metragem

  • God of Love – Luke Matheny

Outros indicados:

  • The Confession – Tanel Toom
  • The Crush – Michael Creagh
  • Na Wewe – Ivan Goldschmidt
  • Wish 143 – Ian Barnes e Samantha Waite

Melhor Curta-Metragem Documentário

  • Strangers No More – Karen Goodman e Kirk Simon

Outros indicados:

  • Killing in the Name
  • Poster Girl
  • Sun Come Up – Jennifer Redfearn e Tim Metzger
  • The Warriors of Qiugang – Ruby Yang e Thomas Lennon

Melhor Figurino

Outros indicados:

  • Io sono l’amore – Antonella Cannarozzi
  • O Discurso do Rei – Jenny Beavan
  • The Tempest – Sandy Powell
  • Bravura Indômita – Mary Zophres

Melhor Maquiagem

  • O Lobisomem (The Wolfman) – Rick Baker e Dave Elsey

Outros indicados:

  • Caminho da Liberdade (The Way Back) – Edouard F. Henriques, Gregory Funk e Yolanda Toussieng
  • Minha Versão para o Amor (Barney’s Version) – Adrien Morot

Melhor Edição de Som

Outros indicados:

  • Toy Story 3 – Tom Myers e Michael Silvers
  • Tron – O Legado (Tron: Legacy) – Gwendolyn Yates Whittle e Addison Teague
  • Bravura Indômita – Skip Lievsay e Craig Berkey
  • Incontrolável (Unstoppable) – Mark P. Stoeckinger

Melhor Mixagem de Som

  • A Origem – Lora Hirschberg, Gary A. Rizzo e Ed Novick

Outros indicados:

  • Bravura Indômita – Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff e Peter F. Kurland
  • O Discurso do Rei, Paul Hamblin, Martin Jensen e John Midgley
  • A Rede Social – Ren Klyce, David Parker, Michael Semanick e Mark Weingarten
  • Salt (Salt) – Jeffrey J. Haboush, Greg P. Russell, Scott Millan e William Sarokin

Melhor Trilha Sonora

  • A Rede Social – Trent Reznor e Atticus Ross

Outros indicados:

  • Como Treinar Seu Dragão – John Powell
  • A Origem – Hans Zimmer
  • O Discurso do Rei – Alexandre Desplat
  • 127 Horas – A.R. Rahman

Melhor Ator Coadjuvante

  • Christian Bale – O Vencedor

Outros indicados:

  • Mark Ruffalo – Minhas Mães e Meu Pai
  • Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
  • Jeremy Renner – Atração Perigosa (The Town)
  • John Hawkes – Inverno da Alma

Melhor Filme Estrangeiro

  • Em um Mundo Melhor (Hævnen), de Susanne Bier (Dinamarca)

Outros indicados:

  • Biutiful, de Alejandro González Iñárritu (Espanha/México)
  • Fora-da-Lei (Hors-la-loi), de Rachid Bouchareb (Algéria)
  • Dente Canino (Kynodontas), de Giorgos Lanthimos (Grécia)
  • Incendies, de Denis Villeneuve (Canada)

Melhor Roteiro Original

  • O Discurso do Rei, de David Seidler

Outros indicados:

  • Another Year, de Mike Leigh
  • Minhas Mães e Meu Pai, de Lisa Cholodenko e Stuart Blumberg
  • O Vencedor, Scott Silver and Paul Tamasy e Eric Johnson (roteiro); Keith Dorrington e Paul Tamasy & Eric Johnson (história)
  • A Origem, de Christopher Nolan

Melhor Roteiro Adaptado

  • A Rede Social, de Aaron Sorkin

Outros indicados:

  • 127 Horas, de Danny Boyle e Simon Beaufoy
  • Toy Story 3, de Michael Arndt (Roteiro), John Lasseter, Andrew Stanton e Lee Unkrich (História)
  • Bravura Indômita, de Joel Coen e Ethan Coen
  • Inverno da Alma, de Debra Granik e Anne Rosellini

Melhor Animação

Outros indicados:

  • Como Treinar o Seu Dragão (How to Train Your Dragon) de Chris Sanders e Dean DeBloiz
  • O Mágico (The Illusionist), de Sylvain Chomet

Melhor Curta-Metragem de Animação

  • The Lost Thing – Shaun Tan and Andrew Ruhemann

Outros indicados:

  • Day & Night – Teddy Newton
  • The Gruffalo – Jakob Schuh and Max Lang
  • Let’s Pollute – Geefwee Boedoe
  • Madagascar, Carnet de Voyage – Bastien Dubois

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Melissa Leo – O Vencedor

Outros indicados:

  • Amy Adams – O Vencedor
  • Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
  • Hailee Steinfeld – Bravura indômita
  • Jackie Weaver – Reino Animal (Animal Kingdom)

Melhor Fotografia

Outros indicados:

  • Cisne Negro – Matthew Libatique
  • O Discurso do Rei – Danny Cohen
  • A Rede Social – Jeff Cronenweth
  • Bravura Indômita – Roger Deakins

Melhor Direção de Arte

Outros indicados: