Com o fim de dezembro se aproximando, chega o momento de relembrar o ano cinéfilo. 2014 foi bem interessante para o cinema de maneira geral. Foram vários filmes que envolveram, comoveram e incomodaram, de diversas partes do mundo e dos mais variados gêneros.

Diferente dos outros anos, a montagem da lista teve uma outra dificuldade: retirar os filmes que ultrapassavam o limite de dez. Muitos outros filmes entraram tanto nas duas listas, mas acabaram saindo depois, o que gerou uma pequena lista de menções honrosas.

Confira a lista dos melhores segundo Cecilia Barroso:

Caes-errantes_lista

1 – Cães Errantes, de Tsai Ming-Liang

Instinto-materno_lista

2 – Instinto Materno, de Calin Peter Netzer

Ela_lista

3 – Ela, de Spike Jonze

Boyhood_lista

4 – Boyhood: Da Infância à Juventude, de Richard Linklater

Relatos-selvagens_lista

5 – Relatos Selvagens, de Damián Szifrón

Nebraska_lista

6 – Nebraska, de Alexander Payne

O-lobo-de-wall-street_lista

7 – O Lobo de Wall Street, de Martin Scorsese

O-passado_lista

8 – O Passado, de Asghar Farhadi

Grande-hotel-budapeste_lista

9 – O Grande Hotel Budapeste, de Wes Anderson

Guardioes-da-galaxia_lista

10 – Guardiões da Galáxia, de James Gunn

Menções honrosas: A Imagem que Falta, Uma Família em Tóquio, Cortinas Fechadas, Garota Exemplar, Malévola e Oslo, 31 de Agosto.

CINEMA NACIONAL

O movimento que se percebeu em 2014 no cinema mundial, também esteve presente no cinema nacional. O número de estreias aumentou consideravelmente e, junto com ele, a qualidade das produções. Novos gêneros e variedade na linguagem fizeram o cinema brasileiro chegar mais longe, alcançando um público variado e não tão dependente das comédias a la Globo Filmes, embora ainda exista muito espaço para este tipo de cinema também.

O-Menino-e-o-mundo_lista

1 – O Menino e o Mundo, de Alê Abreu

O-Lobo-Atras-da-Porta_lista

2 – O Lobo Atrás da Porta, de Fernando Coimbra

Quando-eu-era-vivo_lista

3 – Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra

Sem-pena_lista

4 – Sem Pena, de Eugenio Puppo

Avanti-Popolo_lista

5 – Avanti Popolo, de Michael Wahrmann

Riocorrente_lista

6 – Riocorrente, de Paulo Sacramento

Gata-velha-ainda-mia_lista

7 – Gata Velha Ainda Mia, de Rafael Primot

Ventos-de-agosto_lista

8 – Ventos de Agosto, de Gabriel Mascaro

De-menor_lista

9 – De Menor, de Caru Alves de Souza

Confia-em-mim_lista

10 – Confia em Mim, de Michel Tikhomiroff

Menções honrosas: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, Entre Nós, Dominguinhos, Eles Voltam, Os Dias com Ele e Getúlio.

E você, já fez a sua lista? Conte para gente quais são os melhores do ano para você.

A todos, o Cenas de Cinema deseja um feliz 2015! Que o próximo ano seja repleto de filmes ainda melhores e mais encantadores!