(The Extra Man, EUA/FRA, 2010)

Comédia
Direção: Robert Pulcini, Shari Springer Berman
Elenco: Kevin Kline, Paul Dano, Katie Holmes, John C. Reilly, Marian Seldes, Celia Weston, Patti D’Arbanville, Dan Hedaya, Jason Butler Harner, Alex Burns, Alicia Goranson, Lynn Cohen, John Pankow, Lewis Payton Jr., Marisa Ryan
Roteiro: Jonathan Ames (livro), Robert Pulcini, Shari Springer Berman
Duração: 108 min.
Nota: 4 ★★★★☆☆☆☆☆☆

O jovem Louis Ives (Paul Dano) é um exemplo notável de indivíduo que nasceu na época errada. Professor de literatura, Louis usa terno e gravata até para tomar um café na esquina mais próxima, tem um comportamento antiquado diante das pessoas e parece processar os acontecimentos ao seu redor como se pertencessem a um filme de 1920. Além do mais, o tímido professor mergulha em estranhas fantasias eróticas ao se deparar com peças íntimas femininas.

Ele é imediatamente desligado da escola onde leciona, em Princeton, ao ser flagrado experimentando um sutiã durante o expediente. Encara o episódio como uma oportunidade para realizar o seu grande sonho de se tornar um escritor, mudando-se imediatamente para Manhattan com o Pontiac GrandVille que herdou do pai.

Enquanto procura um emprego em um grande veículo de comunicação, Louis vê nos jornais algum apartamento em que possa morar. Responde ao anúncio de Henry Harrison (Kevin Kline), que oferece um quarto por um preço razoável. Mesmo receoso, Louis não procura por outras ofertas, decidindo viver sob o mesmo teto que Henry, um sujeito que descobre ser tão excêntrico quanto ele.

Henry teve um passado produtivo, foi um dramaturgo de mão cheia. No entanto, chegou a um momento em que sua vida estagnou e, atualmente, exerce uma função pouco convencional: o de “homem extra”. Ele explica para Louis que um “homem extra” não é um gigolô, mas um acompanhante de idosas, em sua maioria viúvas. Curioso, Louis decide se tornar parceiro de Henry nesta empreitada.

Adaptação do romance de Jonathan Ames, Os Acompanhantes é o terceiro longa-metragem dirigido por Robert Pulcini e Shari Springer Berman. A dupla se tornou muito famosa com Anti-Herói Americano, filme que recebeu uma indicação ao Oscar na categoria de melhor roteiro adaptado. Desde então, muitos aguardaram uma obra à altura do indie protagonizado por Paul Giamatti, algo que só veio a acontecer recentemente com o drama televisivo Cinema Verité.

Mesmo ancorado por dois protagonistas com ótima química, sente-se que o roteiro de Os Acompanhantes perde a lucidez assim que é estabelecida a parceria “profissional” entre Louis e Henry. Há uma grande indecisão de foco e isto compromete bastante a construção do personagem Louis. Em um momento, é explorada a solidão que o perturba, uma vez que tem grandes dificuldades de se aproximar de uma mulher – algo que se vê nas investidas malsucedidas em Mary (Katie Holmes), funcionária da publicação sobre meio ambiente em que passa a trabalhar. Depois, há só uma ou outra pincelada em seu desejo em se travestir. Há até um recurso bem original, quando vemos Louis em devaneios e uma voz em off narra as suas ações antes delas serem tomadas. Porém, usado de forma bem esporádica e sem brilho.

Outra razão que transforma Os Acompanhantes em um filme menor de Robert Pulcini e Shari Springer Berman é a tentativa de fazer humor com particularidades e situações cheias de estranhezas. Neste aspecto, podemos mencionar o personagem Henry. Mesmo havendo um Kevin Kline divertido como se espera, algumas características de seu papel (as bizarras coreografias de dança matinais, a coleção de bolas de natal) não causam a graça que os realizadores provavelmente desejavam. Nem mesmo as cenas em que Henry é um “homem extra” de velhas endinheiradas são capazes de render muitos sorrisos.

Resta aguardar Robert Pulcini e Shari Springer Berman se redimirem no humor em Imogene, produção que deve estrear ainda este ano nos Estados Unidos e conta com Kristen Wiig, Matt Dillon, Annette Bening e Natasha Lyonne numa história sobre uma dramaturga que tem a vida virada do avesso ao encenar seu próprio suicídio.

Um Grande Momento

Henry alimenta os pombos.

Links

No IMDb