(El Orfanato, ESP, 2007)

Suspense/Terror
Direção: Juan Antonio Bayona
Elenco: Belén Rueda, Fernando Cayo, Roger Príncep, Mabel Rivera, Montserrat Carulla, Geraldine Chaplin
Roteiro: Sergio G. Sánchez
Duração: 105 min.
Nota: 8 ★★★★★★★★☆☆

Eis aí um filme que chamou a minha atenção desde quando foi lançado, mas passou tão meteoricamente no cinema que quando pude conferir, não estava mais em cartaz. O jeito foi esperar o lançamento nas locadoras e o dia em que o disco estava disponível para locação.

Toda a ansiedade não atrapalhou em absoluto no filme, que me surpreendeu do primeiro ao último momento, provocando sentimentos como medo e emoção o tempo todo.

Laura passou a infância em um orfanato e guardou sempre boas lembranças do lugar. Por isso, anos mais tarde ela e o marido resolvem comprar o local e transformá-lo numa espécie de lar para crianças necessitadas.

Pouco antes da inauguração, o filho pequeno do casal, adotado e com problemas de saúde, desaparece misteriosamente e acontecimentos sobrenaturais começam a acontecer.

O bom roteiro cresce muito com a interpretação de Belén Rueda como a mãe desesperada a procura do filho desaparecido e a história vai envolvendo qualquer um.

O clima do filme é todo compassado por uma sonoplastia perfeita e uma fotografia que é ao mesmo tempo singela e opressora.

A estréia de Bayona na direção de longas-metragens, depois de passar por curtas e videoclipes, é precisa e consegue conduzir o público exatamente para onde quer, provocando medo, dúvidas, crenças e tudo isso com muita sensibilidade.

A produção executiva é de Guillermo del Toro, diretor da belíssima e triste fábula O Labirinto do Fauno.

Um excelente programa para quem gosta de filmes do gênero e não agüenta mais as fracas tentativas estadunidenses.

Um Grande Momento

Achando o lugar da maçaneta

Prêmios e Indicações (as categorias premiadas estão em negrito)

Fantasporto: Direção, Atriz (Belén Rueda)

Goya: Filme, Diretor Estreante, Roteiro Original, Atriz (Belén Rueda), Ator Revelação (Roger Príncep), Atriz Coadjuvante (Geraldine Chaplin), Direção de Arte (Josep Rosell), Maquiagem (Lola López, Itziar Arrieta), Figurino (Maria Reyes) , Som (Xavier Mas, Marc Orts, Oriol Tarragó), Efeitos Especiais (David Martí, Montse Ribé, Pau Costa, Enric Masip, Lluís Castells, Jordi San Agustín), Edição (Elena Ruiz), Trilha Sonora (Fernando Velázquez), Direção de Produção (Sandra Hermida)

Links

Site Oficial No IMDb