O Menino da Porteira

Visto no Cinema(O Menino da Porteira, BRA, 2009)

Drama

Direção: Jeremias Moreira Filho

Elenco: Daniel, João Pedro Carvalho, Vanessa Giácomo, José de Abreu, Edu Chagas, Rosi Campos, Eucir de Souza, Antônio Edson, Valter Santos, Cláudia Missura, Lui Strassburguer

Roteiro: Jeremias Moreira Filho, Carlos Nascimbeni

Minha nota: 7/10

Toda vez que ele viajava pela estrada da fazenda Ouro Fino, ele via um menino sair correndo, abrir a porteira e pedir para ele tocar o berrante. Mesmo aqueles que não gostam de música sertaneja de algum jeito conhecem a história dessa música de 1955, que já faz parte da cultura brasileira.

Em 1977 a triste história do menino virou filme pelas mãos do diretor e roteirista Jeremias Moreira Filho, trazia no papel do boiadeiro o cantor Sérgio Reis e levou mais de cinco milhões de pessoas às salas de cinema. 31 anos depois ela foi refilmada pelo mesmo diretor e, no lugar de Reis, quem toca o berrante para o menino é o cantor sertanejo/romântico Daniel.

O roteiro, menos politizado que o da primeira versão, teve a colaboração de Carlos Nacimbeni. O filme chama a atenção pelo cuidado com todos os detalhes técnicos e pela dedicação de todos os envolvidos na produção.

Com um bom ritmo, o filme ora se parece com os antigos musicais da Vera Cruz, ora com os faroestes italianos. Canções para animar a reunião dos boiadeiros e tiroteios com cavalos e revólveres para todos os lados se misturam e divertem a platéia.

A direção de arte de Adrian Cooper (a cidade cenográfica é ótima) e a fotografia de Pedro Farkas são muito competentes e conseguem chamar o público para dentro da tela.

Claro que o filme não é perfeito, tem alguns problemas com o elenco e o tempo de cena, mas o único grave é mesmo a atuação de Daniel, que ainda é ruim e duro demais para algumas ações. A boa notícia é que o papel não exige muito do ator e tudo fica bem redondinho no final. O pequeno João Pedro Carvalho é uma gracinha e José de Abreu está ótimo na pele do vilão.

As comparações com o filme 2 Filhos de Francisco são inevitáveis. O próprio diretor diz que só se animou para refilmar o longa depois do sucesso do filme de Zezé de Camargo e Luciano, que é bom mas, diferente de O Menino da Porteira, tem um final completamente desnecessário.

No final das contas, com tantas produções diferentes, o mais importante é ver que o cinema nacional voltou a se aventurar em gêneros cinematográficos ignorados ou deixados de lado por muito tempo. O fato de levar a diversão de volta ao cinema e junto com ela um número enorme de pessoas que já não pagavam mais para ver uma produção brazuca é digno de aplausos.

Uma boa experiência com toda certeza! Mas aqueles que não gostam de cinema nacional ou não vão ao cinema para se jogar e sempre querem uma mensagem profunda vão se decepcionar.

A estréia do filme está marcada para o dia 06 de março.

Um Grande Momento

O estouro.


Links

Site Oficial

Imdb

  • Anonymous

    aSSISTI O FILME ONTEM…. ´

    òtimo…

    Sem contar que todos que estavam dentro do cinema, sairam bem emocionados…

    Vou comprar o dvd original…

    Linda história… e o Daniel se saiu muito bem…

    é o tipico peão de paz!

  • Cecilia Barroso

    Oi, gente!

    …mi… – Não precisa ficar com raiva assim. A culpa é dos filmes de antigamente e da péssima reputação que o cinema nacional. Mas o filme é mesmo interessante. Você viu?

    Helena – Acho que você vai gostar! E quanto à fama do cinema nacional, é com produções assim que ela pode mudar.

    Maraysa – Eu até achei a divulgação boa, pelo menos por aqui. Eu sou daqueles que assiste tudo o que pode no cinema.

    Beijocas

  • Maraysa Carvalho

    Não acho que fizeram uma boa divulgação e os filmes desse tipo ainda são carregados de preconceito.. Confesso que não o veria no cinema, mas para ver em casa, quem sabe… hehe

    Só que não parece atraente à primeira vista… Mas seus coments me influenciaram um poquito.
    ^^

  • Helena

    Eu vou ver com certeza!! Tão logo saia em dvd. Acho o Daniel uma graça de pessoa, já ouvi falar que o lado ator dele realmente deixa a desejar, mas eu não sou tão exigente assim, rs. Vi o primeiro filme, e vou ver esse tbém, que deve estar bem mais caprichado. Pelo menos pelo trailer, a fotografia arrebenta!! E a música me encanta.
    É uma pena que o cinema nacional ainda seja tão mal visto por conta de uma época que já se foi…

  • …mi…

    São todo uns invejosos… o filme promete sim ser muito interessante e emocionante, independende dos atores, a história é muito linda. Não julguem errado antes de ver o filme, sei que todos estão curiosos pra ver e os que mais falaram mal vão ser os primeiros a assistir…

  • Cecilia Barroso

    Oi, gente!!!

    Antes de mais nada, queria dizer que me esqueci de falar de uma coisa que me incomodou. As propagandas…

    Sérgio – Esse é o efeito que o Daniel causa, né? Não sei porque ele… Mas o filme é bem divertido, só tenho medo que não seja prestigiado por causa dessa escolha.

    Vinícius – Eu também não esperava, mas sabe como eu sou fanática por filme nacional, né? E como eu acho que devemos gastar dinheiro com ele… Tem gente que paga para ver Os Espartalhões e outras porcarias enlatadas mas se recusa a ir ao cinema ver um exemplar nacional.
    Depois quero ver o que você vai achar…

    O Cara – Espero de verdade que vocês também se divirtam…

    Ibertson – Hehehe. Quem sabe você vê depois, quando passar na tv.

    Renata – Eu também fiquei. Tive a mesma reação ao ver o Daniel e, para falar a verdade, ele é o maior problema do filme. Acho que vale a pena, pelo menos para conhecer um outro estilo do cinema nacional que nem é considerado atualmente.

    Marcio – Hahaha. Efeito Daniel novamente!

    Wally – Quero só ver os comentários depois…

    Anderson – Ah sim! Os mais velhos (principalmente aqueles que viram os musicais) vão gostar muito.

    Robson – Mais um no tal efeito Daniel. Hahaha.

    Johnny – Ah… É bem diferente de coisas da Globo. Acho que sempre vale a pena conferir, né?

    Beijocas a todos!

  • Johnny Strangelove

    Vamos ver, eu gostei de 2 fio de chico e me surpreendi por ser cinema e não um especial da rede bobo. Sendo um bom filme, por que não prestigiar ele.
    E não se preocupe, sempre tem momentos que desentoam um bom projeto … e esse nem será o primeiro e nem o ultimo.

    big hug of bear!

  • Robson Saldanha

    Eu sei que é preconceito, mas o simples fato de ter Daniel como protagonista me dá vontade de passar longe…

  • Anderson Siqueira

    A bilheteria é confirmada pra esta película, já que envolve uma história famosa – principalmente para os mais velhos – e também por contar com um cara carismático como o Daniel. Eu com certeza verei!
    =}

  • Wally

    To na mesma que o Vini, nem tinha ouvido falar dele, mas tu me convenceu.

    Ciao!

  • Marcio Melo

    Na moral, só assisto a esta ‘película’ se for jurado de morte caso não o faça!

    Não tenho nem o pensamento de possuir a mínima vontade de conferir este filme de ‘Daniel’

  • Renata

    Oi ciça! Fiquei suspresa com a nota que vc deu! Confesso que na hora que vi o Daniel no cartaz pensei ‘nunca vou ver esse filme’! Mas depois de tudo que vc falou, quem sabe mudo de idéia… bjs

  • Ibertson Medeiros

    Também não tenho a mínima vontade de ver esse filme. E, apesar de seu comentário bem positivo, mesmo assim não me convenceu hehehe

  • O Cara da Locadora

    Assim como o Vinícius açi em cima, to surpreso e com vontade de vr agora… rs…

  • Vinícius P.

    Confesso que seus comentários me surpreenderam, pois realmente não espero nada de mais desse filme. Enfim, você me convenceu a ver esse “Menino da Porteira”!!!

  • Sérgio Déda

    Não tenho a miníma vontade de assistir, sério mesmo, mas quem sabe neh… hauahuah

Pin It on Pinterest

Share This