(Miekkailija, FIN/EST/ALE, 2015)

Drama
Direção: Klaus Härö
Elenco: Märt Avandi, Hendrik Toompere Sr., Kirill Käro, Ursula Ratasepp, Mikhail Paschuck, Lembit Ulfsak
Roteiro: Anna Heinämaa
Duração: 93 min.
Nota: 6 ★★★★★★☆☆☆☆

Para escapar da polícia secreta de Leningrado, Endel Nelis volta para a Estônia e vai parar na pequena cidade de Haapsalu. Lá consegue emprego como professor e tem que criar um clube de esportes. Esgrimista, resolve ensinar sua modalidade às crianças do local.

Quadrado no estilo, O Esgrimista, longa-metragem de Klaus Härö segue todos os padrões esperados de filmes do gênero, tendo a mesma estrutura narrativa de tantos outros, com momentos determinados e já muitas vezes vistos da mesma maneira.

Há algo que diferencia o longa-metragem de todos os outros: sua qualidade estética, com eficientes desenho de produção de Jaagup Roomet, figurino de Tiina Kaukanen e direção de fotografia de Tuomo Hutri. Além disso, se baseia em uma interesse história real. São diferenciais que conseguem chamar a atenção e entregam ao espectador um filme que cumpre bem o seu papel de entreter.

Märt Avandi faz um competente trabalho como o esgrimista do título, mas são as crianças que dominam o filme como os jovens apaixonados pelo novo e inusitado esporte.

Com tudo seguindo o caminho esperado, como em outros filmes de esporte, o título se aproveita da competição para chegar ao seu ponto alto. Mas se prejudica com a antecipação dos acontecimentos e com a sensação de “já vi isso antes”.

Bem amarradinho, com tudo no lugar certo e uma apresentação bem bonita, O Esgrimista, mesmo deixando uma sensação estranha, consegue chegar lá.

Um Grande Momento:
A final.

O-esgrimista_poster

Links

No IMDb