(Calvet, CRI/FRA/EUA/NIC/GBR, 2011)

Documentário
Direção: Dominic Allan
Roteiro: Dominic Allan
Duração: 86 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆
Se algo pode definir a pintura de Jean Marc Calvet é o clima macabro e quase desesperado. A história de vida do artista, contada pelo diretor Dominic Allan, vem explicar o porquê disso. Depois de fazer inúmeras escolhas erradas na vida e se perder no caminho das drogas, Calvet descobriu na arte um meio de controlar sua ansiedade e se libertar de seus demônios. Mas de todas as histórias de seu passado que ele quer se livrar, uma é a mais complexa, mas ele tenta mesmo assim.

Com problemas técnicos e um tropeço grave na opção de montagem não cronológica, o filme consegue se manter graças à história de vida de seu personagem. Quase inacreditável, é essa história que faz com que os expectadores mantenham os olhos na tela até o último minuto e saiam da sala querendo mais notícias sobre o documentado. Depois de muitos embrulhos no estômago, a tentativa de reconciliação com o passado comove profundamente.

Um Grande Momento

O telefone toca.

Links

No IMDb Site Oficial