36ª MostraDrama
Direção: Vinicius Reis
Elenco: Bianca Byington, Enrique Diaz, Flavio Bauraqui, Raquel Bonfante, Luciana Bezerra
Roteiro: Rita Toledo
Duração: 93 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆
(Noites de Reis, BRA, 2012)

A histórica Paraty se encontra em meio às festividades típicas de noite de reis, com diversos personagens proclamando anedotas folclóricas. Em meio a todo esse colorido, encontra-se Dora (Bianca Byington), que vive com sua filha Julia (Raquel Bonfante) numa das modestas casas tombadas pelo patrimônio histórico. Dora é marcada pela tragédia. Um incêndio em sua casa resultou na morte prematura de seu filho, cujas cinzas foram jogadas ao mar, o mesmo lugar em que ela nada para se sentir mais próxima dele. Depois de anos tentando lidar com a dor da perda, seu marido, o tocador de rabeca (Enrique Díaz), retorna após partir sem rumo conhecido anos antes.

Depois do destaque que teve no 45º Festival de Brasília, Noites de Reis tem a chance de ser conferido agora pelos paulistanos. Sem grande alarde, o filme possui uma atmosfera propícia para compararmos a um jogo de abordagens temáticas. O colorido de Paraty dá espaço ao luto imbuído de Dora. A própria personagem, em dado momento, diz não entender a insistência do Patrimônio em transformar aquela cidade numa triste paisagem turística. Um lugar onde as pessoas vêm, tiram fotos, e se vão. As partidas que Dora enfrentou na vida não foram nada fáceis. O filho e o marido, por motivos diferentes, são ausências que a tornam uma pessoa resistente.

Lidar com a resistência, por sinal, é o grande motor de interesse da obra. O laconismo de Jorge demonstra a sua forma de lidar com a perda de um filho, principalmente quando isso vem envolvido por culpa. A cena em que ele limpa as paredes da casa é tão simbólica quanto outro momento poderia ser. Dora, por sua vez, é a resistência em pessoa, tendo que enfrentar a situação, lembrar que ainda tem uma filha pra criar e uma casa pra reconstruir (a casa, por sinal, é um correspondente de sua vida). Contando com uma interpretação segura e surpreendente de Bianca Byington, conhecida atriz global, Noites de Reis foi uma destacável surpresa dessa 36ª Mostra de São Paulo.

Um Grande Momento

O reencontro de Dora com seu ausente marido.