(Nebraska, EUA, 2013)

Drama
Direção: Alexander Payne
Elenco: Bruce Dern, Will Forte, June Squibb, Bob Odenkirk, Stacy Keach, Angela McEwan, Missy Doty
Roteiro: Bob Nelson
Duração: 115 min.
Nota: 8 ★★★★★★★★☆☆

Em uma estrada quase deserta e gelada, um idoso caminha com dificuldade rumo a um lugar desconhecido até que a polícia o detém. Ele é Woody Grant e quer resgatar um prêmio de 1 milhão de dólares que acredita ter ganho depois que recebe uma propaganda em seu nome de assinatura de revista.

A incerteza do futuro, pela avançada idade, faz desse seu principal objetivo de vida. Como não pode mais dirigir, ele decide ir de Montana até o Nebrasca a pé para resgatar o prêmio. Depois de problemas com a polícia e malsucedidas intervenções familiares tentado explicar que o prêmio é uma farsa, seu filho mais novo, David, resolve levá-lo até o local. No meio do caminho, acidentes fazem com que eles precisem fazer uma parada na cidade natal de Woody.

Voltando à velha forma e aos road movies, Alexander Payne faz uma interessante viagem pelo passado do velho Woody, ou que restou dele, em Nebraska. Mais do que o deslocamento físico, a jornada trata da construção e resgate de uma relação. Personalidades desnudadas pelo convívio, pelo esclarecimento de antigas posturas e pela compreensão de certas atitudes.

A busca pelo prêmio enganoso é na verdade a busca por uma recuperação, uma última tentativa de mudar aquilo que não anda bem há muito tempo, de desfazer aquilo que não precisava ter acontecido. A caminhonete nova e o compressor de ar são símbolos de uma vida que não chegou onde Woody gostaria que tivesse chegado.

Apesar de melancólico, o roteiro assinado por Bob Nelson é caprichado nos diálogos e sabe como se utilizar do humor. Longos planos e a opção pelo preto e branco criam o distanciamento do público, mero espectador da jornada, mas não impedem o envolvimento e identificação com os personagens.

Bruce Dern está fantástico como o velho Woody. Seus olhares, silêncios e pequenos gestos constroem uma figura crível, cativante e envolvente. Uma atuação que dificilmente será esquecida e que já rendeu ao ator um prêmio em Cannes. Além dele, o elenco funciona todo muito bem, com destaque ainda para Will Forte, como David; June Squibb, numa performance encantadora como a matriarca da família, e Stacy Keach como o insuportável Ed.

Uma bela história.

Um Grande Momento:
Acordando no hospital.

Nebraska_poster

Links

No IMDb