(Não por Acaso, BRA, 2007)

Drama

Direção: Philippe Barcinski

Elenco: Leonardo Medeiros, Rodrigo Santoro, Letícia Sabatella, Branca Messina, Rita Barata, Cássia Kiss, Graziela Moretto, Ney Piacentini

Roteiro: Fabiana Werneck Barcinski, Philippe Barcinski, Eugenio Puppo

Duração: 90 min.

As coisas estão sempre mudando com eventos anteriores. Eles acontecem e parecem modificar toda uma realidade a que nos acostumamos. O filme trata disto. Nele, um acidente de carro muda completamente o destino de dois homens, um engenheiro de trânsito e um fabricante de mesas e jogador de sinuca.

Bem interessante, o roteiro do filme surpreende ao demonstrar a impossibilidade de ter os movimentos sempre calculados ou a dificuldade de se prever os acontecimentos, fazendo uma comparação com o jogo de sinuca e o trânsito.

O primeiro longa de Philippe Barcinski é cheio de exercícios inovadores de cinema, o que não é completamente bom. O número exagerado de idéias, cenas e cortes chega a incomodar um pouco, mas nada que comprometa.

Santoro e Medeiros encarnam muito bem seus personagens e estão muito bem acompanhados.

A fotografia do filme é excelente. Outro destaque fica pela escolha das músicas, precisa e marcante. O som do filme, porém, não está tão bem cuidado.

Perrengues à parte, é interessante e curioso!

Um Grande Momento

“Dois segundos faz diferença”



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival Internacional de Chicago: Hugo de Prata (Melhor Diretor)

Festival do Recife: Ator (Leonardo Medeiros), Atriz Coadjuvante (Branca Messina), Fotografia (Pedro Farkas), Edição (Márcio Canella)

Links

Site Oficial