De 19 a 31 de julho, sempre de terça-feira a domingo, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro apresenta a mostra O Cinema de Murilo Salles – o Brasil em cada plano. Todos os longas-metragens do diretor, fotógrafo, roteirista e produtor carioca fazem parte da retrospectiva, além de curtas e filmes em que assina a direção de fotografia.

Paralelamente às exibições, o evento ainda promove debates e uma masterclass com o diretor homenageado. Na noite de hoje (19), será exibida uma seleção de curtas-metragens assinados por Salles e o filme Carro de Bois, único filme colorido de Humberto Mauro, com direção de fotografia do homenageado. Após a abertura, haverá um bate-papo com o cineasta e o lançamento do catálogo, com textos inéditos.

Mais informações estão disponíveis na página do evento.

Confira a programação abaixo:

19 de julho (terça-feira)
18h30 – Sessão de abertura, seguida de bate-papo e lançamento do catálogo
Carro de Bois (1974), de Humberto Mauro, Brasil, 10 min, livre.
Sebastião Prata ou, bem dizendo, Grande Otelo (1971), de Murilo Salles e Ronaldo Foster, Brasil, 11 min, livre.
És tu Brasil -Tunga (2003), de Murilo Salles, Brasil, 25 min, 16 anos.
Pornografia (1992), de Murilo Salles e Sandra Werneck, Brasil, 6 min, 18 anos.

20 de julho (quarta-feira)
17h – Sebastião Prata ou, bem dizendo, Grande Otelo (1971), de Murilo Salles, Brasil, 11 min, livre.
50 anos de TV Brasileira (2014), de Murilo Salles, Brasil, 9 min, livre.
Sergio Camargo, Fevereiro 1984 (1984), de Murilo Salles, Brasil, 13 min, 14 anos.
Tunga – Registros (2012), de Murilo Salles, Brasil, 33 min, 14 anos.
Pornografia (1992), de Murilo Salles, Brasil, 6 min, 18 anos.
19h10 – Faca de dois gumes (1989), de Murilo Salles, Brasil, 97 min, 16 anos

21 de julho (quinta-feira)
15h – Carro de Bois (1974), de Murilo Salles, Brasil, 10 min, livre.
Lição de amor (1975), de Eduardo Escorel, Brasil, 85 min, 16 anos.
17h – Todos os Corações do Mundo (1995), de Murilo Salles, Brasil/EUA, 106 min, livre.
19h10 – Debate “A fotografia no cinema brasileiro“, com o cineasta Murilo Salles, o diretor de fotografia e cineasta Walter Carvalho e o pesquisador Hernani Heffner.

22 de julho (sexta-feira)
15h30 – Estas são as armas (1978), de Murilo Salles, Brasil/Moçambique, 60 min, 16 anos.
17h – Seja o Que Deus Quiser! (2002), de Murilo Salles, Brasil, 90 min, 18 anos.
19h10 – Como Nascem os Anjos (1996), de Murilo Salles, Brasil, 96 min, 14 anos.

23 de julho (sábado)
14h – Masterclass “Questões para pensar o cinema que quero fazer“, com o cineasta Murilo Salles.
16h30 – És Tu, Brasil (2003), de Murilo Salles, Brasil, 110 min, 16 anos.
18h50 – O fim e os meios (2014), de Murilo Salles, Brasil, 105 min, 16 anos.

24 de julho – (domingo)
14h30 – Aprendi a Jogar com você (2014), de Murilo Salles, Brasil, 87 min, 12 anos.
16h30 – Passarinho Lá de Nova Iorque (2014), de Murilo Salles, Brasil, 89 min, 12 anos.
18h30 – Nome Próprio (2007), de Murilo Salles, Brasil, 120 min, 18 anos.

26 de julho (terça-feira)
17h – O espetáculo e a delicadeza – Parte 1 (2008), de Murilo Salles, Brasil, 78 min, 14 anos.
19h – O espetáculo e a delicadeza – Parte 2 (2008),de Murilo Salles, Brasil, 79 min, 14 anos.

27 de julho (quarta-feira)
17h – Árido Movie (2005) de Lírio Ferreira, Brasil, 115 min, 16 anos.
19h15 – Carro de Bois (1974), de Murilo Salles, Brasil, 10 min, livre.
Estas são as armas (1978), de Murilo Salles, Brasil/Moçambique, 60 min, 16 anos.

28 de julho (quinta-feira)
17h – Como Nascem os Anjos (1996), de Murilo Salles, Brasil, 96 min, 14 anos.
19h – Debate “O cinema de Murilo Salles“, com o cineasta Murilo Salles, o crítico e coeditor do catálogo da mostra Carlos Alberto Mattos e o historiador Maurício Lissovsky.
29 de julho (sexta-feira)
14h30 – És Tu, Brasil (2003), de Murilo Salles, Brasil, 110 min, 16 anos.
16h40 – Aprendi a Jogar com você (2014), de Murilo Salles, Brasil, 87 min, 12 anos.
18h45 – Nome Próprio (2007), de Murilo Salles, Brasil, 120 min, 18 anos.

30 de julho (sábado)
15h – Nunca Fomos Tão Felizes (1984), de Murilo Salles, Brasil, 90 min, 12 anos.
17h – Faca de dois gumes (1989), de Murilo Salles, Brasil, 97 min, 16 anos.
19h15 – Seja o Que Deus Quiser! (2002), de Murilo Salles, Brasil, 90 min, 18 anos.

31 de julho (domingo)
15h – O fim e os meios (2014), de Murilo Salles, Brasil, 105 min, 16 anos.
17h – Passarinho Lá de Nova Iorque (2014), de Murilo Salles, Brasil, 89 min, 12 anos.
19h15 – Sebastião Prata ou, bem dizendo, Grande Otelo (1971), de Murilo Salles, Brasil, 11 min, livre.
50 anos de TV Brasileira (2014), de Murilo Salles, Brasil, 9 min, livre.
Sergio Camargo, Fevereiro 1984 (1984), de Murilo Salles, Brasil, 13 min, 14 anos.
Tunga – Registros (2012), de Murilo Salles, Brasil, 33 min, 14 anos.
Pornografia (1992), de Murilo Salles, Brasil, 6 min, 18 anos.

Serviço:
Mostra O Cinema de Murilo Salles – O Brasil em cada plano
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data: 19 a 31 de julho de 2016 (terça-feira a domingo)
Horários: Consultar programação
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: Cinema 1 – 78 lugares (mais 3 para cadeirantes)
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h