(Mundo Cão, BRA, 2015)

Suspense
Direção: Marcos Jorge
Elenco: Babu Santana, Adriana Estevez, Lázaro Ramos, Thainá Duarte, Vini Carvalho, Milhem Cortaz, Paulinho Serra
Roteiro: Marcos Jorge, Lusa Silvestre
Duração: 100 min.
Nota: 6 ★★★★★★☆☆☆☆

O grandalhão boa gente Santana divide seu tempo entre sua família, suas baquetas e bateria e o trabalho no Departamento de Combate a Zoonoses de São Paulo. Um dos rottweilers capturado por ele em uma escola é que vem bagunçar o seu cotidiano ao cruzar o seu caminho com o de Paulinho, um cara barra pesada que usa cachorros gigantes para cobrar suas dívidas.

Com muitas reviravoltas, Mundo Cão é uma história violenta de vingança e lembra bastante o longa Estômago, também dirigido por Marcos Jorge (Corpos Celestes). Apesar de ser inferior ao filme de 2007, o filme consegue envolver.

Babu Santana (Tim Maia), Lázaro Ramos (O Homem Que Copiava) e Adriana Estevez (Trair e Coçar… É Só Começar) estão bem em seus papéis, assim como o jovem Vini Carvalho, filho caçula do protagonista. Porém, embora algumas cenas sejam naturais e cheias de fôlego, há momentos mal encenados e onde a interação entre os personagens simplesmente não funciona.

Mundo-cao_interno

Mas nada que comprometa o andamento do filme. Mesmo que pudesse ser melhor, menos artificial em alguns momentos, o longa tem um carisma e flui tão bem em suas mudanças de rumo, que só queremos saber o fim da história.

Sobre o enredo, muito pouco se pode falar, pois qualquer detalhe revelado pode estragar a surpresa de quem for ao cinema. Antes da sessão no Festival do Rio, inclusive, a produção distribuiu um panfleto em campanha contra os spoilers.

Não é nenhuma obra-prima, mas é bem divertido.

Um Grande Momento:
A trava.

Mundo-cao_poster

Links

[Festival do Rio 2015]