(MPB – A História que o Brasil Não Conhece, BRA, 2011)

Comédia
Direção: André Moraes
Elenco: Caco Ciocler, Jair Oliveira, Iggor Cavalera, Sérgio Mallandro, Wilson Simoninha, Afonso Nigro, João Carlos Sampaio, Beto Jamaica, Reinaldo, André Reis, Adriano Nascimento
Roteiro: André Moraes, Rafael Greyck, Luciano Santanna
Duração: 17 min.
Nota: 9 ★★★★★★★★★☆

MPB – A História que o Brasil Não Conhece é, sem dúvida, um dos destaques dos programas de curtas-metragens nacionais da 35ª Mostra de São Paulo.

Dirigido por André Moraes, um dos mais requisitados compositores de trilhas sonoras do cinema brasileiro e responsável pela direção dos divertidos Ópera do Mallandro e Manual para se Defender de Alienígenas, Zumbis e Ninjas, o filme é uma grande brincadeira com o rumo da música popular brasileira.

Ao perceber o potencial da MPB, com o sucesso de Ari Barroso, Carmen Miranda e Tom Jobim lá fora, agentes de uma corporação secreta são enviados ao Brasil com o objetivo de destruir a música nacional.

Tecnicamente mais maduro do que os trabalhos anteriores do diretor, o mockumentary (ou pseudodocumentário), trilha, com referências musicais e inserções de imagens que infelizmente para a música são reais, um caminho coerente e crível para uma história bem absurda.

Depoimentos divertidíssimos de figuras como Sérgio Mallandro, Jair Oliveira e Afonso Nigro e boas histórias envolvendo nomes bem conhecidos do público, como Luiz Caldas, Compadre Washington e Michael Sullivans, fazem o público se envolver gradualmente com o que assiste e fica difícil, até para os mais ranzinzas, não curtir a brincadeira.

Bem escrito, pesquisado, dirigido e montado e feito para provocar o riso, MPB – A História que o Brasil Não Conhece é imperdível.

Um Grande Momento

“Eu era apresentador, ator e, de repente…”

Próximas sessões na Mostra de São Paulo
Dia 26/10, às 16h20, CineSESC
Dia 29/10, às 16h20, Cine Sabesp
Dia 03/11, às 14h00, Unibanco Arteplex 1