SÃO PAULO – A Cinemateca Brasileira e o CineSESC recebem, de 19 de junho a 8 de julho, a Mostra Memória e Transformação – O Documentário Politico na América Latina Ontem e Hoje. Composta por clássicos do cinema latino-americano, títulos raros e produções recentes, a mostra reflete sobre as formas de representação dos processos sócio-políticos e sua transformação ao longo dos últimos 60 anos.

Com curadoria da cineasta Marina Weis, a mostra apresenta 49 documentários produzidos a partir de 1950 até os dias atuais sobre o cenário sócio-político latino divididos em quatro ciclos temáticos: A Reinvenção da Herança, A Transformação da Memória, No Calor da Hora e Direito à Verdade e à Justiça. Entre os destaque estão Vlado, 30 anos depois, de João Batista de Andrade, e Nostalgia da Luz, de Patricio Guzmán, que ganha uma exiição especial com formato de aula magna seguida de debate em 8 de Julho.

Além das exibições, uma exposição de cartazes sobre a anistia, com mais de 60 obras, será exibida na Cinemateca Brasileira.

Mais detalhes sobre a mostra e a programação completa no site do evento.