Tiradentes-17

Começa nessa sexta-feira, dia 24, a 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes, uma das mais importantes mostras nacionais do cinema independente no Brasil. Tendo como palco a cidade histórica, a programação do evento inclui várias atrações e a exibição de mais de 100 filmes.

Várias outras atividades estão agendadas, como oficinas, debates, seminário, exposições, teatro de rua e shows musicais. A programação é gratuita e pode ser conferida no site do evento.

A abertura desta edição conta com uma performance audiovisual de André Amparo e Chico de Paula, com participações de Dj Carou e Maurício Tizumba. Em seguida, o ator paulista Marat Descartes, grande homenageado do evento, receberá o Troféu Barroco. O ator faz parte do elenco do filme escolhido para a primeira noite: Quando Eu Era Vivo, dirigido por Marco Dutra.

Vindos de 16 estados brasileiros, 134 filmes, entre longas, médias e curtas-metragens, foram selecionados e estão divididos em várias mostras temáticas, como Aurora, Autorais, Sui Generis, Transições, Cena Mineira, entre outras.

Entre os longas-metragens selecionados, sete serão exibidos pela primeira vez: A Vizinhança do Tigre, de Affonso Uchôa; Aliança, de Gabriel Martins, João Toledo e Leonardo Amaral; Bat-Guano, de Tavinho Teixeira; Branco Sai Preto Fica, de Adirley Queirós; O Bagre Africano de Ataleia, de Aline X e Gustavo Jardim; Aquilo que Fazemos com as Nossas Desgraças, de Arthur Tuoto; e A Mulher que Amou o Vento, de Ana Moravi.

Pela segunda vez, o filme escolhido pelo Júri da Crítica como o melhor filme da Mostra Aurora, leva o Prêmio Itamaraty, no valor de R$ 50 mil. O júri será formado pelo professor Rubens Machado Jr., pelo montador Milton do Prado; pelo realizador independente Luis Alberto Rocha Melo, pelo cineasta Júlio Pessoa e pela pesquisadora Beatriz Furtado.

A programação da Mostra de Cinema de Tiradentes é gratuita e acontece até o dia 1º de fevereiro. Informações sobre todos os filmes selecionados e mais detalhes aqui.