Foram anunciados, na noite de ontem (30), os vencedores da 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes. Depois da exibição de 117 filmes de 14 estados, exibidos em 57 sessões e sempre trazendo o que há de mais novo e instigante na produção cinematográfica nacional, a Mostra mantém o seu posto de principal festival do cinema contemporâneo brasileiro.

Neste ano, o grande vencedor da noite segundo a escolha do júri da crítica foi o longa paulista Jovens Infelizes ou um Homem que grita não é um Urso que Dança, dirigido por Thiago B. Mendonça. O melhor curta foi Noite Escura de São Nunca, do Rio de Janeiro, dirigido por Samuel Lobo.

Confira a lista completa de premiados:

Melhor curta pelo Júri Popular
Madrepérola (RS), de Deise Hauenstein

Melhor curta da Mostra Foco pelo Júri da Crítica
Noite Escura de São Nunca (RJ), de Samuel Lobo

Melhor curta pelo Canal Brasil
Eclipse Solar (ES), de Rodrigo de Oliveira

Melhor longa da Mostra Transições pelo Júri Jovem
Tropykaos (BA), de Daniel Lisboa

Melhor longa da Mostra Aurora pelo Júri da Crítica
Jovens Infelizes ou um Homem que Grita não é um Urso que Dança (SP), de Thiago B. Mendonça

Melhor longa pelo Júri Popular
Geraldinos (RJ), de Pedro Asbeg e Renato Martins