CURITIBA – O Museu da Imagem e do Som (MIS) do Paraná exibe, de 18 a 20 de junho, no Auditório Brasílio Itiberê, a Mostra Dalton Trevisan no Cinema, com filmes baseados na obra do escritor paranaense, considerado por muitos como o maior escritor brasileiro vivo, recém-agraciado com o Prêmio Camões e o Prêmio Machado de Assis.

Exigente com sua obra, Trevisan autorizou pouquíssimas versões cinematográficas de seu universo ficcional. Os poucos que tiveram autorização tinham que ser absolutamente fiéis ao que ele escrevera e não poderiam fazer qualquer acréscimo, adaptação ou alteração na história. Isto, claro, faz com que o número de filmes baseados na obra do escritor seja pequeno. A mostra, de três dias, traz quase todos eles em sua programação.

As sessões, gratuitas, acontecem sempre às 19h30.

Confira a programação:

Dia 18 de junho, 19h30
Um Uísque Antes, Um Cigarro Depois – de Flávio Tambellini
Comédia em três episódios, sendo o segundo, “Mocinha de Luto”, a primeira filmagem autorizada de um conto de Dalton Trevisan. Esse episódio foi filmado em Curitiba, no início dos anos 70, e diversos lugares conhecidos da cidade servem de locação para a história.
Apresentação do jornalista Ayrton Baptista Junior (CBN, Globo.com).

Dia 19 de junho, 19h30
Penélope – de Estevan Silvera
Em Busca da Curitiba Perdida – de Estevan Silvera
Balada do Vampiro – de Beto Carminatti e Estevan Silvera
Três dos raros curtas-metragens, feitos com autorização do autor, preservam o texto integral dos contos originais.
Apresentação do cineasta Fernando Severo (diretor do MIS). Após a exibição será realizado debate com os diretores.

Dia 20 de junho, 19h30
Guerra Conjugal – de Joaquim Pedro de Andrade
Influência confessa no cinema de Pedro Almodóvar, que o viu em um festival em Barcelona. Joaquim Pedro de Andrade, um dos maiores diretores do Cinema Novo, entrelaça trechos e personagens extraídos de vários contos de Dalton Trevisan, que assina os diálogos. Foi exibido no Festival de Cannes e recebeu diversos prêmios no Brasil. Apresentação do professor Fabio Francener Pinheiro (Curso de Cinema e Vídeo da FAP).

SERVIÇO
Mostra Dalton Trevisan no Cinema
De 18 a 20/06 às 19h30
Auditório Brasílio Itiberê
Rua Cruz Machado, 138 – Centro (Anexo ao prédio da Secretaria de Estado da Cultura)
Entrada franca