Matar a un hombre, de Alejandro Fernández Almendras

A coprodução franco-chilena Matar a um hombre foi a vencedora do prêmio principal da edição deste ano do Festival Internacional de Cinema Independente IndieLisboa, em Portugal. O curta-metragem Mille Soleils levou o grande prêmio em sua categoria. O curta brasileiro Pouco Mais de um Mês, de André Novais Oliveira, também foi lembrado entre os premiados.

Baseado em fatos reais, Matar a un hombre foi dirigido por Alejandro Fernández Almendras e conta a história de um homem honesto que vive em uma comunidade pobre que, após um assalto, vê sua família exposta a abusos e humilhações e resolve solucionar o problema.

Confira abaixo a lista completa de premiados:

Longa-metragem

Grande Prêmio Cidade de Lisboa
Matar a un hombre, de Alejandro Fernández Almendras (França, Chile)

Prêmio Allianz – Digimaster de Melhor Filme Português
Alentejo, Alentejo, de Sérgio Tréfaut (Portugal)

Curta-Metragem

Grande Prêmio de Curta-Metragem
Mille Soleils, de Mati Diop (França, Senegal)
Menção Honrosa
Animação: Symphony no. 42, de Réka Bucsi (Hungria)
Documentário: Escort, de Guido Hendrikx (Holanda)
Ficção: Pouco Mais de um Mês, de André Novais Oliveira (Brasil)

Prêmio Pixel Bunker de Melhor Curta-Metragem Português
As Figuras Gravadas na Faca com a Seiva das Bananeiras, de Joana Pimenta (Portugal, USA)

Prêmio FNAC de Novo Talento
Implausible Things, de Rita Macedo (Alemanha, Portugal)

Prêmio Restart de Melhor Estreia
O Primeiro Verão, de Adriano Mendes (Portugal)

Júrí Pulsar do Mundo

Prêmio SIC Notícias
La Marche à Suivre, Jean-François Caissy (Canadá)
Menção Honrosa
Deux fois le même fleuve, de Amir Borenstein, Effi Weiss (Bélgica)

Júri Anistia Internacional

Prêmio Anistia Internacional
Death Row II – Portraits: Robert Fratta, de Werner Herzog (Reino Unido, Áustria)

Júri Árvore da Vida

Prêmio Árvore da Vida de Melhor Filme Português
O Novo Testamento de Jesus Cristo Segundo João, de Joaquim Pinto, Nuno Leonel (Portugal)

Júri Blogs de Cinema

Prêmio TVCine
Les Apaches, Thierry de Peretti (França)

Júri IndieJunior

Prêmio Árvore da Vida (IndieJunior)
Rabbit and Deer, de Péter Vácz (Hungria)

Júri Escolar

Prêmio Escolar Culturgest
Heights, Calum Walter (EUA)

Júri Universitário

Prêmio Universitário Culturgest
Mouton, de Gilles Deroo, Marianne Pistone (França)

Júri TAP

Prêmio TAP de Melhor Filme Português
O Primeiro Verão, de Adriano Mendes (Portugal)

Prêmio TAP de Melhor Documentário Português
Alentejo, Alentejo, de Sérgio Tréfaut (Portugal)

Prêmio do Público

Prêmio Multishow (Longa-metragem)
Bambi, de Sébastien Lifshitz (França)

Prêmio Sanuk (Curta-metragem)
Our Curse, de Tomasz Sliwinski (Polônia)

Prêmio IndieJunior
Sissy, de Siri Rutlin Harildstad (Noruega)

IndieLisboa