Uma coisa que gosto no filme Alta Fidelidade (High Fidelity), de Stephen Frears, é que ele fala sobre uma característica humana bem interessante: o gosto por listas e a mania de classificar. É fácil ver pessoas perguntados quais são os seus dez mais “qualquer coisa que seja”. De prato de comida a músic pop.

Aqui no Cenas de Cinema as listas também são constantes. Já foram publicadas várias, a pedidos e por vontade própria. E, claro, assim como você leitor, tenho os meus top 10 ou top 5 debatidos quase frequentemente entre os amigos e colegas.

Essa ordem de preferência é o ponto de partida da série “Ilha Deserta”, lançada pela Publifolha. Vários nomes do cinema, da música e da literatura tinham que escolher os dez filmes, discos e livros, respectivamente, que levariam a uma ilha deserta. Os três volumes são muito interessantes, mas aqui vamos falar do livro “Ilha Deserta – Filmes”.

Os sete nomes escolhidos para fazer a seleção foram o cineasta Ugo Giorgetti; os documentaristas Isa Grinspum e João Moreira Salles; os críticos Agnaldo Farias e Inácio Araújo; o diretor do Museu da Imagem e do Som de São Paulo e diretor do festival É Tudo Verdade Amir Labaki e o escritor e jornalista Bernardo Carvalho.

E eles compuseram uma deliciosa lista que, além de ser um excelente guia, recheado de obras clássicas, também funciona como uma conversa com cada um daqueles que nos escrevem.

Cada escolha é justificada com um texto rápido sobre o filme da vez e há textos de todos os estilos. Uns são mais sérios, outros mais apaixonados e, se em algum a linguagem é rebuscada, outro vai lembrar muito aquele bate-papo de boteco.

As escolhas, embora coincidam em algumas listas, também são bem diferentes. Há aqueles que citam todos os filmes que esperávamos encontrar no livro antes de abri-lo e há algumas surpresas.

Nomes como Coppola, Fellini, Antonioni, Glauber e Coutinho são bem lembrados e ao ver tantas obras inesquecíveis, como Os Sete Samurais ou Hiroshima, Meu Amor, e perceber tudo que aqueles títulos representam para aquela pessoa, a vontade é a de sair correndo, alugar/comprar cada um e, melhor, assistir.

Uma boa pedida para pessoas que adoram indicações e para quem está procurando obras que, de certa maneira, expliquem o que é o cinema.

“Ilha Deserta – Filmes”
Autores: Agnaldo Farias, Amir Labaki, Bernardo Carvalho, Inácio Araújo e outros
Editora: Publifolha
Páginas: 224
Onde comprar: Nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou pelo
site da Publifolha