(Landau 66, BRA, 2008)

Suspense

Direção: Fernando Sanches

Elenco: Ricardo Gelli, Pedro Carvalho, Victor Ribeiro

Roteiro: J. M. Trevisan

Duração: 12 min.

Minha nota: 10/10

Se você pode fazer muita coisa em pouco tempo, para que se alongar?

Com essa filosofia, quase todo filmado dentro de um único carro, o filme Landau 66 chega hipnotizando a platéia com uma história para lá de inusitada.

Em uma noite de chuva, dois amigos saem para dar um rolê e fumar um beck. No meio do caminho avistam um caroneiro, mas só param porque o carro dá defeito e o tal fulano faz com que volte a funcionar.

O filme é todo bem conduzido, com um roteiro inteligente e muitas falas irônicas. Os atores estão muito bem como o irritadinho e o bobalhão seqüelado.

Muitos dos enquadramentos são ótimos e vale ressaltar a direção de arte de Marcos Carvalheiro que, com pouco, fez muito.

Outra coisa muito boa é a trilha sonora de Lúcio Maia, que faz toda a diferença.

A única coisa ruim está fora do filme. A sinopse acabou entregando o final que é bem surpreendente.

Um Grande Momento

Todos os grandes momentos que eu pensei entregam o filme. Acho que não vai dar para contar nada…


Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival de Brasília: Montagem 16mm (Alexandre Boechat)

Links

Site do Festival de Brasília