(Ilha das Flores, BRA, 1989)

Documentário

Direção: Jorge Furtado

Elenco: Paulo José (narrador)

Roteiro: Jorge Furtado

Duração: 13 min.

Sinopse

É impressionante como um curta de 13 minutos consegue mudar a vida da gente. Assisti ao documentário pela primeira vez quando cursava a faculdade de jornalismo e, desde então, ele está na minha lista de filmes favoritos.

Com muito humor e sarcarmos, Jorge Furtado, através da narração de Paulo José, nos leva a uma viagem bem didática desde a origem do homem e sua importância, até a sua total insignificância perante ao dinheiro e aos seres humanos que o possuem.

A comunidade escolhida por Furtado foi a de Ilha das Flores, em Porto Alegre, mas poderia ter sido qualquer uma desse nosso Brasil desnivelado. Como sempre, é triste ver a verdade, mas o que estamos fazendo para mudar essa realidade?

Para assistir e pensar, pensar e pensar.

Premiado no Festival de Gramado, é um dos curtas mais famosos do diretor Jorge Furtado.

Prêmios e indicações (as categorias premiadas estão em negrito)

Festival de Berlim
: Curta