Aconteceu neste sábado, dia 10 de setembro, a abertura da etapa paulista da 8ª edição do Festival Internacional de Cinema Infantil.

A festa aconteceu no Cinemark do Shopping Eldorado, com a exibição de dez sessões simultâneas e a presença de mais de 1.400 pessoas. O hall de entrada, todo decorado com balões e enormes bolas de brinquedo, fez a alegria da garotada que saía da sessão. Entre fotos e muita correria os pequenos escolhiam qual seria o próximo título a ser assistido.

Os filmes que fizeram parte da abertura foram o húngaro Perdidos na Galáxia de Adám Magyar, o francês O Segredo de Eleonor de Dominique Monféry, a coprodução belga-neerlandesa IEP! de Ellen Smit e o dinamarquês Barry e a Banda das Minhocas de Thomas Borch Nielsen.

As salas 3D exibiram os estadunidenses Up! – Altas Aventuras de Pete Doctor e Batalha por T.E.R.A de Aristomenes Tsibas, este antecedido pelo curta brasileiro Bugigange – Controle Terremoto de Ale McHaddo.

Um dos programas de curtas também esteve presente na abertura: o Animação 2, do Prêmio Brasil de Cinema Infantil, com Tainá-Kan, a Grande Estrela, Vai Dar Samba, Um Lugar Comum, Quando as Cores Somem, Godofredo – O Interruptor, Botões, Eu Queria Ser um Monstro e Filomena.

O festival, que já passou pelo Rio de Janeiro e Niterói e por Brasília, aconteceu durante todo o fim de semana nos Cinemas dos shoppings Eldorado e Santa Cruz, em São Paulo, e Iguatemi, em Campinas.

8º FICI

Com uma programação para lá de especial, o difícil é escolher que filmes assistir. Para começar, no FICI deste ano acontecem as pré-estreias nacionais de Antes que o Mundo Acabe, de Ana Luiza Azevedo, e Eu e Meu Guarda-Chuva, de Toni Vanzolini. Assim como a da co-produção franco, belga e irlandesa O Segredo de Kells, de Tomm Moore, que esteve presente na edição do ano passado do festival e foi indicada ao Oscar de melhor animação.

Entre os outros destaques da programação está o título Perdidos na Galáxia, do Panorama Internacional, além de curtas selecionados de grandes festivais como o Prix Jeunesse Iberoamericano, Anima Mundi e outros.

Este ano, 29 filmes estão selecionados para o Prêmio Brasil de Cinema Infantil. O júri, formado por alunos do colégio NAVE, do Rio de Janeiro, escolhe a melhor animação e o melhor filme de ficção. Os três finalistas de cada categoria serão anunciados dia 17 no site do FICI e a cerimônia de premiação acontece no domingo, dia 19/09, às 10h30, no Cinemark Eldorado de São Paulo.

Além dos vários títulos, muitas atrações paralelas também enchem os olhos da criançada. A Dublagem ao Vivo revela o trabalho dos dubladores e encanta os pequenos, O Pequeno Jornalista faz as crianças verem o filme e refletirem sobre ele e O Pequeno Cientista aproveita o filme Perdidos na Galáxia e leva um cientista para conversar com os jovens espectadores.

Depois de marcar sua passagem pelo estado do Rio e por Brasília, o festival agradou aos pequenos de São Paulo em seu primeiro final de semana e volta com novas emoções entre 17 e 19 de setembro.

Belo Horizonte é a próxima capital a receber o festival. Seguida de Recife, Aracaju e Salvador.