Começa hoje, dia 26, a segunda edição do Festival de Cinema 4+1 Fundación MAPFRE. Realizado simultaneamente em cinco cidades do mundo (Madri, Bogotá, Buenos Aires, Cidade do México e Rio de Janeiro), o festival apresenta, até o dia 30, uma seleção dos melhores filmes exibidos nos mais importantes festivais internacionais de cinema, mas que ainda não tiveram distribuição comercial.

Vários clássicos restaurados do cinema mundial serão exibidos na abertura do Festival. O filme selecionado para a abertura no Rio de Janeiro é Pandora and the Flying Dutchman (1951), de Albert Lewin, e sua projeção acontece em sessão para convidados no CCBB, sede do Festival na cidade.

Lá também serão apresentados os 14 filmes que concorrerão ao prêmio de 20 mil euros e o vencedor será escolhido pelo público dos cinco países onde acontece o evento.

Os concorrentes do ano são:

Chantrapas, de Otar Iosseliani
Morgen, de Marian Crisan
Nostalgia de la luz, de Patricio Guzmán
Outrage, de Takeshi Kitano
Meek’s Cutoff, de Kelly Reichardt
My Joy, de Sergei Loznitsa
Mundane History, de Anocha Suwichakornpong
Lucía, de Niles Atallah
King of Devil’s Island, de Marius Holst
Curling, de Denis Cote
Belle Épine, de Rebecca Zlotowski
Tilva Ros, de Nikola Lezaic
Nénette, de Nicolás Philibert
Color Perro que Huye, de Andrés Duque

Fora da competição serão exibidos Familystrip, de Luis Miñarro, e Asalto al cine, de Iria Gómez Concheiro.

Todos os filmes da seção competitiva serão disponibilizados na internet para os cinco países onde o Festival acontece, desde o início do evento até 4 de novembro, através da plataforma digital MUBI.COM. Não tem como perder.