Nova York e Lisboa passam por um momento cinéfilo especial. Nas três cidades acontecem as edições de 2009 dos festivais de Tribeca, IndieLisboa.

Tribeca Film Festival

Após os atentados de 2001, Robert de Niro resolveu criar o Festival de Tribeca justamente para revitalizar a parte baixa da cidade de Manhattan. Agora na sua 8ª e mais curta edição, o festival foi aberto pelo fundador no último dia 22 de abril e segue até o próximo dia 03 de maio.

O filme escolhido para a abertura do evento foi Whatever Works, que marca a volta Woody Allen à sua locação favorita, Nova York.

O júri será composto pelos atores Uma Thurman, Meg Ryan, Whoopi Goldberg, Debra Messing, Melissa Leo e o diretor Todd Haynes.

Badalado como sempre, o festival traz muitas celebridades para a cidade e exibe grandes produções. Dois longas brasileiros fazem parte da seleção oficial: Garapa, de José Padilha, e a co-produção Brasil/Inglaterra Only When I Dance, de Beadie Finzi. Os curtas Kogi, de Paula Gaitán, e Quase Todo Dia, de Gandja Monteiro, também estão na programação.

A programação completa pode ser conferida aqui.

IndieLisboa

Em sua sexta edição, o festival de filme independente de Lisboa é uma das grandes vitrines do cinema laternativo europeu. A cerimônia de abertura aconteceu no último dia 23 de maio e o encerramento está marcado também para o dia 03 de maio.

O Júri Internacional de Longa-Metragem composto por Christophe Terhechte (diretor do Festival de Berlim e crítico), Marco Müller (diretor do Festival de Veneza), Inês de Medeiros (atriz), Rabah Ameur-Zaïmeche (cineasta e produtor), Raymond Walravens (administrador e comissário da Rialto).

Entre os filmes selecionados estão várias produções do mundo todo. Entre elas os documentários brasileiros O Homem que Engarrafava Nuvem, de Lírio Ferreira, e Crítico, de Kleber Mendonça Filho. A co-produção Chile-Brasil Tony Manero, de Pablo Larrain, também foi selecionada.

A programação pode ser conferida no site oficial do evento.

O Cenas de Cinema gostaria de agradecer a Miguel Valverde, Nuno Sena e
Rui Pereira pelo convite e a Casey Sanders pelo Franklin Pass.