No Guia do Estado de S.Paulo dessa semana, o Cri-crítico, na sua coluna “Haja Paciência”, comentou sobre o Oscar 2010 e o aumento do número de candidatos aos prêmios principais:

O Oscar de 2010 vai parecer o campeonato brasileiro de futebol deste ano: dez candidatos ao títulos, sem que ninguém imagine o que vai sair de lá.

Como a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu dobrar o número de indicados a melhor filme, não me atrevo a apontar em quem os votantes estarão pensando a partir de agora.

Tantos cartazes nos cinemas vão estampar a estatueta que as poucas produções que não o fizerem acabarão chamando mais atenção. Deviam imitar logo os jogos olímpicos e criar estatuetas de prata e bronze para o segundo e terceiro lugar, com pódio e tudo.

Mas, com dez indicados, talvez o Oscar finalmente consiga juntar cinco filmes que realmente mereçam estar ali.