SÃO PAULO – Até o dia 16 de setembro, o Museu da Imagem e do Som de São Paulo apresenta a exposição Georges Méliès, o mágico do cinema. Produzida pela Cinemateca Francesa e inédita no Brasil, a mostra apresenta a trajetória do artista e suas invenções revolucionárias na Sétima Arte em seis diferentes seções.

Percursor dos desenhos de produção e storyboards, conhecido como o pai dos efeitos especiais e dono da primeira distribuidora de cinema da Europa, Georges Méliès (1861-1938) esteve envolvido na produção de mais de 500 filmes entre os anos de 1896 e 1912, além de atuar como mágico, diretor teatral, cenógrafo, ator, técnico e produtor.

Vários objetos, cartazes, desenhos, figurinos, fotografias e documentos reunidos na mostra revisitam sua vida e carreira nas seções “Méliès mágico”, “Méliès mágico e cineasta”, “O estúdio Méliès”, “O universo fantástico de Méliès”, “A Viagem à Lua”, e “Fim”. O Museu ainda realizará projeções de onze de seus filmes em algumas das paredes. A obra-prima de Georges Méliès, Viagem à Lua (1902), será exibida dentro de uma nave espacial inspirada no filme, criada com exclusividade pelo MIS.

Uma instalação exclusiva, desenvolvida pela artista Letícia Ramos, completa a exposição, onde os visitantes poderão criar filmes em stop motion com cenários baseados nas obras do cineasta.

Para conhecer melhor o projeto e marcar sua visita basta acessar ao site da exposição.

Seção Cinematographo

Integrando a programação da mostra, no próximo dia 15 de julho, às 16h, o projeto Cinematographo apresenta um programa exclusivo com filmes do cineasta francês como A Viagem à Lua, Impressionniste fin de siècle e Barba Azul acompanhados ao vivo pelo piano de Lawrence Lehérissey e com narração de sua bisneta, Marie-Hélène Lehérissey.

SERVIÇO
Georges Méliès, o mágico do cinema
De 4 de julho a 16 de setembro
Horário de visitação: terças a sextas, das 12h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.
MIS-SP
Av. Europa, 158
Preço: R$ 4 (inteira)