(How Do You Know, EUA, 2010)

Comédia
Direção: James L. Brooks
Elenco: Reese Witherspoon, Paul Rudd, Owen Wilson, Jack Nicholson, Kathryn Hahn, Mark Linn-Baker, Lenny Venito, Molly Price, Shelley Conn, Ron McLarty
Direção: James L. Brooks
Duração: 121 min.
Nota: 5 ★★★★★☆☆☆☆☆
Por mais que tenha personagens potencialmente interessantes, atores de qualidade em seu elenco e seja escrito e dirigido por James L. Brooks (Melhor É Impossível), Como Você Sabe é um daqueles filmes que nunca sai do lugar. Com uma história pouco envolvente e um aspecto geral de colagem de cenas gravadas para uma série de televisão sem os momentos importantes, a história não consegue engrenar nem perto dos momentos finais.

Lisa (Reese Witherspoon) é uma jogadora de softball que, a despeito de toda a sua qualidade e liderança, é aposentada da seleção nacional ao completar 30 anos. Ela tem dois homens apaixonados por ela: Matty (Owen Wilson), um jogador de baseball egocêntrico que não sabe falar sobre seus sentimento, e George (Paul Rudd), um executivo em apuros que nunca conseguiu fazer nada que não fosse o programado por seu pai, Charles (Jack Nicholson).

Como argumento não é ruim, mas o excesso de informações e acontecimentos acaba deixando o filme tão vago que é difícil não pensar que tudo isso talvez funcionasse mais se divido em vários capítulos, como num seriado.

Para começar, não vemos Lisa praticando aquele que foi o esporte de toda a sua vida. Sem vê-la jogar, fica difícil identificar o que o softball realmente representava para ela e porque o corte, ainda que ela já tenha 30 anos e deva ter algo na vida, a afete tanto.

Com George é ainda pior. Sabemos que o empresário tem uma namorada idiota e que algo errado aconteceu com sua empresa, mas tudo parece sempre afetá-lo tão pouco, ou tão rápido, que nunca damos o real valor ao problema. No mesmo caminho está o relacionamento dele com Lisa, que carece de pontuação e fica tão perdido que além de inacreditável, chega a ser indesejado. Principalmente quando comparado a Matty, que é o personagem melhor desenvolvido de toda trama e, apesar de bobão, consegue provocar simpatia no público.

A mesma desimportância é dada a Charles, o pai manipulador, que seria peça fundamental em toda a história de George, mas aparece rapidamente, sem nenhum aprofundamento e com participações que não parecem querer ser mais do que alívios cômicos.

Diálogos rebuscados demais, a falta de reviravoltas e a falta de força de momentos decisivos acabam mais cansando do que despertando a curisidade. A maioria dos espectadores só deve assiste até o final porque já estava ali mesmo e não tem coisas mais importantes a fazer.

As graves falhas do roteiro acaba prejudicando as atuações. Witherspoon (Johnny & June) e Rudd (Eu Te Amo, Cara) parece nunca terem descoberto o que eram realmente os seus personagens e nem para onde iam na verdade. Nicholson (O Iluminado), coitado, assume o lado cômico do velho Charles e está bem em todas as suas cenas, mas merecia muito mais do que isso.

No final das contas, parece que só mesmo Wilson (Marley & Eu) recebeu um personagem que pudesse ser completamente trabalhado e deu conta do recado. E talvez só por ele o filme valha a pena.

Considerando tudo, Como Você Sabe é um daqueles filmes que não precisam ser vistos e que não ficam na memória. Ainda que tenham tudo para ter sido completamente diferente.

Um Grande Momento

“Quebrei uma lâmpada.”

Links

No IMDb Site Oficial