(Click, EUA, 2006)

Comédia

Direção: Frank Coraci

Elenco: Adam Sandler, Kate Beckinsale, Christopher Walken, David Hasselhoff, Henry Winkler, Sean Astin, Jake Hoffman, Katie Cassidy, Jennifer Coolidge

Roteiro: Steve Koren, Mark O’Keefe

Duração: 107 min.

Esse filme me ensinou que não devemos levar tão a sério a nossa implicância com determinados atores. Não gosto de Adam Sandler desde o seu O Paizão e, por isso, bani-o de minha lista de filmes que mereciam ser vistos.

Click é uma história boba sobre um homem que ganha um controle remoto, com o qual consegue controlar a própria vida. Ele faz com que momentos bons passem devagar e ruins sejam adiantados.

O roteiro é muito bom e Sandler, por incrível que pareça, cativa os espectadores. Não tem como não se emocionar e acabar torcendo por alguém que fez tudo errado. Isso porque, no dia a dia, estamos acostumados a pular coisas importantes e só dar valor para aquilo que não vai nos trazer outra satisfação que não a financeira.

A beleza comum de Beckinsale e a conhecidíssima música Linger, do grupo Cranberries, dão um toque todo especial. Destaque para a participação do ator/dançarino Christopher Walken que sabe como ninguém fazer aquela cara de “e eu com isso mesmo?”.

Apesar de ter todos os elementos de um filme bobinho, é um bom motivo para repensarmos no jeito que vivemos as nossas vidas atualmente. E é divertido para todas as idades.

Um Grande Momento

A visita do pai à empresa.



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Oscar: Maquiagem (Kazuhiro Tsuji e Bill Corso)

MTV: Melhor performance cômica (Adam Sandler)

Links

Site Oficial