O cineclube Vladimir Carvalho volta às exibições, na próxima quinta 12 de agosto, com o filme Fora de Campo, de Adirley Queirós (Ceilândia/DF). O documentário foi realizado a partir do programa DocTV – com produção da TV Brasil/Estúdio 13, e vai representar o Brasil no Festival Internacional do México em outubro de 2010, além de já ter exibições anteriores em festivais, como o É Tudo Verdade, e também na TV Brasil.

Essa sessão será, portanto, uma chance especial para o público do DF conferir o documentário, com a presença do diretor.

O filme abre a programação do segundo semestre do Cineclube Vladimir Carvalho, dentro da temática de agosto: Futebol, Política e Religião Se Discute.

Com programação especial e localização privilegiada, no centro de Brasília, o cineclube Vladimir Carvalho reinicia as atividades e promete surpresas. Curtas, médias e longas-metragens raros e inéditos no DF ocuparão a tela do cineclube localizado no Conic, contando com bate-papo e convidados especiais.

O projeto é uma iniciativa e realização da Fundação Astrojildo Pereira. A coordenação e programação do segundo semestre é do Coletivo de Cineclubes do DF, com a participação dos cineclubes convidados Tintin Cineclube (PB) e Cineclube Cascavel (GO) e apoio do Conselho Nacional de Cineclubes (CNC) – a pesquisadora Berê Bahia assinou a curadoria do primeiro semestre. O conceito é de uma programação coletiva e colaborativa – com o objetivo de valorizar o cinema brasileiro, promover a formação de público e a circulação dos filmes.

Fora de Campo
Direção: Adirley Queirós. Documentário, 52min, 2009

No Brasil, existem cerca de 500 clubes de futebol profissional. 40 times disputam as séries A e B do campeonato brasileiro. Apenas 8% fazem parte da chamada “elite” do esporte. A esmagadora maioria dos jogadores convive, assim, com condições precárias de trabalho, sem contratos ou carteira assinada, recebendo salários atrasados, sem férias ou benefícios. Nesse mundo de clubes pequenos, longe dos patrocínios milionários e de uma infraestrutura técnica e médica, atletas como Maninho, 32 anos, que foi campeão pelo Guarani (SP), continuam a esperar uma segurança sempre distante. Um ex-jogador como Bé, ex-integrante do Vila Nova goiano, hoje trabalha como segurança. Raros, como Marquinhos Carioca, sobrevivem como técnicos, depois de pendurar as chuteiras.

Serviço

Cineclube Vladimir Carvalho
Dia: todas as quintas, com retorno a partir de 12 de agosto
Hora: 19h00
Local: Espaço Arildo Dória – sobreloja (Conic), na rua da Kingdom Comics
Endereço: SDS (Setor de Diversão Sul), Ed. Venâncio III, sobreloja 53
Entrada franca.