Entre 23 de abril e 20 de maio o Cineclube do Belas Artes homenageia as mães com a coletânea amor de mãe. São quatro títulos relações apaixonadas, dedicadas e também estranhas.

As mães do programa são vividas por Anna Magnani, Angelica Huston, Giulietta Masina, Nicole Garcia, Sandrine Kiberlain e Mathilde Segnier nos filmes Belíssima, de Luchino Visconti; Os Imorais, de Stephen Frears; Um Dia Para Não Esquecer, de Jean-Louis Bertuccelli, e Betty Fisher e Outras Histórias de Claude Miller.

Cada filme será apresentado por uma semana, diariamente, em sessão única. (Os horários podem variar de filme para filme, entre 19h e 19h30)

Programação:

Belíssima: de 23 a 29 de abril;
Os Imorais: de 30 de abril a 06 de maio;
Um Dia Para Não Esquecer: de 07 de 13 de maio;
Betty Fisher e Outras Histórias: de 14 a 20 de maio.

Belíssima (Bellissima)

Itália, 1951, p/b, 108 min., 12 anos
Direção: Luchino Visconti
Elenco: Anna Magnani, Walter Chiari e Tina Apicella

Belíssima conta a história de uma mulher que acredita que a sua pequena filha, vista por ela como a criança mais bela da Itália, seja a candidata perfeita para ocupar uma vaga no elenco de um filme que está sendo produzido na Cinecittà. Como não agrada os responsáveis pela seleção, a pequena vira motivo de chacota e sua mãe não deixará isso por menos.

Os Imorais (The Grifters)

EUA, 1990, cor, 119 min., 14 anos
Direção: Stephen Frears
Elenco: Angelica Huston, John Cusack e Annette Benning

Os Imorais vai pelo lado torto das relações familiares. Um trio de bandidos é composto por mãe, filho e a namorada deste. Golpistas de luxo sem limites ou escrúpulos, eles se amam, se odeiam, nutrem sentimentos incestuosos e não medem escrúpulos quando o assunto é dinheiro.

Um Dia Para Não Esquecer (Aujourd’Hui Peut-Être)

França, 1991, cor, 90 min., 12 anos
Direção: Jean-Louis Bertuccelli
Elenco: Giulietta Masina, Eva Darlan e Jean-Paul Muel

Um Dia Para Não Esquecer é o último trabalho de Giulietta Masina. Ela interpreta uma matriarca que resolve vender a casa da família, mas antes oferece um almoço de despedida para os familiares, onde espera encontrar seu filho desaparecido há 15 anos, que ninguém sabe se está vivo ou morto.

Betty Fisher e Outras Histórias (Betty Fisher et Autres Histories)

França, 2001, cor, 101 min., 14 anos
Direção: Claude Miller
Elenco: Sandrine Keberlain, Nicole Garcia e Mathilde Seigner

A trama de Betty Fisher apresenta três mães. Uma jovem escritora de talento que descobre o prazer do amor maternal com seu filho de quatro anos. Ao mesmo tempo uma garçonete, cuja vida não é um mar de rosas, também tem um filho a quem trata grosseiramente. Uma terceira mulher, a mãe de Betty, irá juntar essas diferentes realidades de maneira inesperada.

O Cine Belas Artes fica na Rua da Consolação, 2423, em São Paulo.