Visto em DVD(Celeste & Estrela, BRA, 2005)

Comédia

Direção: Betse De Paula

Elenco: Dira Paes, Fabio Nassar, Ana Paula Arósio, Alexandre Picarelli, Nívea Helen, Ricardo Machado, Henrique Rovira, Hugo Rodas, Andrade Júnior, Carmem Moretzsohn, Gê Martu, André Amaro, Vladimir Carvalho, Mark Hopkins

Roteiro: Júlia de Abreu, Betse De Paula, José Roberto Torero

Duração: 96 min.

Minha nota: 7/10

Quando a gente vê um filme pronto, muitas vezes não sabe ou não pensa em toda a trabalheira que os realizadores tiveram para dar corpo e voz a uma idéia que estava em folhas de papel.

Celeste & Estrela é uma das melhores homenagens a todos aqueles que percorrem a via crucis tortuosa de captação, filmagem, edição, finalização e lançamento de um filme.

Depois de vetar vários roteiros, Paulo Estrela resolve se inscrever em um curso, onde se aproxima da sonhadora Celeste que, depois de ganhar vários prêmios no Festival de Brasília com um curta em 16mm, só tem pensamentos para seu roteiro “Amores Impossíveis”, que conta quinze histórias de amor e precisaria de 3 milhões para ser rodado.

A história dos dois segue entre vários cortes no tal roteiro, aulas de roteiro, tentativas frustradas de captação de grana e muitos, mas muitos nãos.

Além de uma boa história, o filme chama a atenção pelas muitas referências que faz ao cinema nacional e pelas várias locações daqui da minha terra, Brasília. Vários pontos turísticos famosos foram retratados como a Igrejinha, o restaurante da Torre e o Congresso.

No elenco, vários rostos conhecidos da cena local como Andrade Júnior, Hugo Rodas, Gê Martu e Vladimir Carvalho, que faz uma ponta recebendo um prêmio como Rogério Bressane (uma mistura de Rogério Sganzerla com Júlio Bressane).

O elenco está todo certinho e Dira Paes, com toda a sua luminosidade toma conta das cenas em que está presente. A atuação de Carmem Moretzsohn, como a senhora do engenho, é sensacional.

A trilha sonora, com músicas bem conhecidas, é uma delícia.

Com um orçamento total de R$750 mil, Betse De Paula deu vida ao amor mais cinematográfico da história.

Uma excelente pedida para dias amenos e para ver com alguém ao lado.

Para os cinéfilos, aspirantes a cineastas e quem trabalha com cinema é obrigatório. Com certeza o filme trará boas e más lembranças, mas sempre de um jeito bem divertido.

Um Grande Momento

Brigitte Bardot.



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival do Recife: Escolha da audiência, Ator Revelação (Fábio Nassar)

Links

Imdb