RIO – No ano do centenário do maior dramaturgo brasileiro, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro apresenta, de 14 a 19 de agosto de 2012, a mostra 100 Anos de Nelson Rodrigues – Provocando o Cinema Brasileiro, com dezesseis títulos baseados em sua obra.

Percorrendo todas as décadas, indo dos anos 60 aos anos 2000, entre os filmes escolhidos estão alguns clássicos do cinema nacional, como A Falecida, de Leon Hirszman; Boca de Ouro, de Nelson Pereira dos Santos; O Beijo no Asfalto, de Bruno Barreto, e Toda Nudez Será Castigada, de Arnaldo Jabor.

Além das exibições, a mostra conta com debates com Nelson Rodrigues Filho, Neville de Almeida e Alberto Magno.

Os filmes da mostra:

Um Olhar sobre a Cegueira de Nelson Rodrigues, de Felipe Duque e Mariana Abbade
Bonitinha Mas Ordinária, de J. P. de Carvalho, 1963, 101 min.
Bonitinha Mas Ordinária ou Otto Lara Rezende, de Braz Chediak, 1980, 85 min.
A Dama da Lotação, de Neville de Almeida, 1978, 90 min.
O Beijo no Asfalto, de Bruno Barreto, 1980, 77 min.
A Falecida, de Leon Hirszman, 1965, 90 min.
O Beijo, de Flávio Tambellini, 1966, 83 min.
Engraçadinha Depois dos Trinta, de J. B.Tanko, 1966., 95 min.
Toda Nudez Será Castigada, de Arnaldo Jabor, 1973, 102 min.
A Serpente, de Alberto Magno, 77 min.
Engraçadinha, de Haroldo Marinho Barbosa, 1981, 100 min.
Gêmeas, de Andrucha Waddington, 1999, 75 min.
O Casamento, de Arnaldo Jabor, 1975, 96 min.
Vestido de Noiva, de Joffre Rodrigues, 2006, 112 min.
Os Sete Gatinhos, de Neville de Almeida, 1980, 108 min.
Boca de Ouro, de Nelson Pereira dos Santos, 1962, 103 min.

Mais informações na página da mostra no Facebook.

SERVIÇO
100 Anos de Nelson Rodrigues – Provocando o Cinema Brasileiro
Curadoria: Susanna Lira
Produção: Modo Operante Produções
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 2544-4080
Datas: de 14 a 19 de agosto de 2012
Horários: Consultar programação
Classificação: Consultar programação
Ingressos: R$ 2,00 e R$ 1,00 (meia, além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia)