(Bee Movie, EUA, 2007)
Comédia
Direção: Steve Hickner, Simon J. Smith
Roteiro: Jerry Seinfeld, Spike Feresten, Barry Marder, Andy Robin
Duração: 90 min.

De novo, a Dreamworks consegue, com uma animação, conquistar o público adulto assim como fez com Shrek.

Confesso que, ao ver o trailer do filme, não me interessei nem um pouco. Primeiro, não gosto de bichos falantes e nem de histórias de amor entre insetos e seres humanos; depois, pela decoração: em todos os halls de cinemas, árvores de natal amarelas e pretas (???) e, por último, o roteiro ser do Seinfeld. Eu sei que ele é popular, ficou décadas com o programa dele no ar, mas eu, simplesmente, detesto!

Já estava certo de que esse filme não seria assistido por mim se não fosse por um detalhe básico: um filho de oito anos! Pois é, claro que ele não faz a menor idéia de quem é Seinfeld, mas adorou as árvores e o trailer.

Depois de muito pedir, ele me convenceu. Compramos um monte de pipoca, balas, refrigerante e lá fomos nós. Já comecei a me interessar na vinheta da Dreamworks e não ficou só nisso.

O filme conta a história de uma abelha recém-formada que precisa escolher que função exercerá na colméia “pelo resto da vida”. Antes de tomar essa decisão, Barry resolve conhecer o mundo lá fora. Lá conhece uma garota de quem se torna muito próximo e descobre que os humanos também são consumidores de mel.

O roteiro é cheio de piadas engraçadas e cenas inusitadas. Porém, acaba sendo muito mais interessante para adultos, já que algumas piadas não são totalmente compreendidas pelas crianças. Algumas celebridades como Sting, Ray Liotta e Larry King estão presentes e a trilha sonora está perfeita para o filme.

A dublagem em português está bem interessante, porém alguns trocadilhos não precisariam estar ali.

Se você gosta de animação e está querendo dar umas boas risadas, não perca!

Um Grande Momento

O jogo de tênis

Links

No IMDb