(The Perks of Being a Wallflower, EUA, 2012)

Drama
Direção: Stephen Chbosky
Elenco: Logan Lerman, Dylan McDermott, Kate Walsh, Johnny Simmons, Nina Dobrev, Nicholas Braun, Julia Garner, Ezra Miller, Paul Rudd, Emma Watson, Adam Hagenbuch, Mae Whitman, Erin Wilhelmi, Melanie Lynskey
Roteiro: Stephen Chbosky (livro e roteiro)
Duração: 102 min.
Nota: 9 ★★★★★★★★★☆

A adolescência é aquela fase onde não se sabe o que quer ou em que acredita. São tantos sonhos, medos, frustrações, sensações e conflitos que é impossível passar por ela sem notar. Inúmeros filmes foram feitos sobre esse período da vida e alguns até conseguiram ser originais, mas a grande maioria repete na tela o mesmo modo de abordar o assunto. Até que chega um título como As Vantagens de Ser Invisível para mostrar a mesma coisa, mas de uma maneira completamente diferente.

Charlie é um jovem depressivo que tenta se adaptar à nova escola e à vida depois da morte de seu único amigo. Introvertido e desconfiado, ele parece estar sempre longe demais de algum conforto. Até que conhece um casal de meio-irmãos veteranos que chega para mudar tudo e fazê-lo viver experiências que ele jamais imaginaria.

Baseado no best-seller de mesmo nome de Stephen Chbosky, o filme é roteirizado e dirigido pelo próprio escritor. Ainda que falte um amadurecimento cinematográfico, o respeito com os personagens e com o universo criado por ele próprio faz toda a diferença e dá ao que vemos na tela uma sensação de verdade, identificação e nostalgia que poucos filmes, até aqueles assinados por diretores muito experientes, conseguem alcançar.

É como se víssemos na tela aquele velho amigo que não vemos há muito tempo e com quem vivemos tantas coisas. Aquele mesmo amigo que, agora distante, conversa conosco através de cartas, o que justifica e atenua inclusive escolhas pouco justificáveis no cinema, como a narração em off.

Junto com o roteiro e com essa capacidade de aproximar da história quem está do outro lado da tela, estão atuações realmente inspiradas de Logan Lerman (Percy Jackson e o Ladrão de Raios) como o constantemente constrangido e inseguro Charlie e da dupla de amigos salvadores formada por Emma Watson (filmes da franquia Harry Potter) e Ezra Miller (Precisamos Falar Sobre Kevin), como Sam e Patrick, respectivamente. Os três acompanhados de um ótimo elenco de apoio.

Completando o pacote, o filme conta com uma trilha sonora de tirar o chapéu, com direito a David Bowie e sua bela canção Heroes, que é quase um personagem da história, e mais The Smiths, Cocteau Twins, Pavement, New Order, entre outras.

Um retrato daquela mesma adolescência que todo mundo conhece e já está cansado de ver, mas que chega de maneira tão diferente e envolvente que é impossível resistir. Para ser visto e revisto, curtido e sentido.

Um Grande Momento:
“Nós aceitamos o amor que acreditamos merecer.”

As-vantagens-de-ser-invisivel_poster

Links

No IMDb Site Oficial