Com um resto de semana cheio; um final de semana super corrido, com direito a Luluzinha Camp e tudo mais, e um problema constante de conexão, o top 10 desse domingo chega com um dia de atraso. Antes tarde do que nunca, não é?

Lá vem mais um dia dos namorados e, com ele, chegam as sugestões de presentes, a correria às lojas, uma programação melosa nas televisões, flores, bombons e aquela vontade de surpreender e agradar a pessoa amada.

Nesta época do ano as listas de comédias românticas e filmes românticos viram quase uma febre. Todo mundo tem várias sugestões e o número de títulos varia de um blog/site para o outro. Aqui mesmo no Cenas, o tema já rendeu mais de um post mas, ainda assim, foi o tema mais pedido por email esta semana.

Como alguns títulos já foram citados antes, vou fazer uma lista dos filmes de amorzinho que merecem, mas ainda não deram caras em nenhum top 10. Lembrando que o Ministério da Saúde adverte: filmes do gênero podem te levar a acreditar em coisas e pessoas que não existem.

Mensagem para Você (You’ve Got Mail)
Dir.: Nora Ephron

Sem dúvida, Meg Ryan é presença constante em listas de filmes românticos. Ainda que digam que o posto de rainha do gênero seja de Julia Roberts, vale uma recontagem. Para completar, Mensagem para Você repete uma trinca que já tinha dado certo em Sintonia de Amor: a loirinha, Tom Hanks e Nora Ephron. Um filme bobinho, mas gostoso de assistir.

Alguém Tem que Ceder (Something’s Gotta Give)
Dir.: Nancy Meyers

Sempre que falamos de filme romântico, pensamos em um tipo x de casal e eles nunca têm mais do que 40 anos. Mas isso só até o lançamento de Alguém Tem que Ceder, que trouxe às telas o amor maduro. Os personagens são vividos por Diane Keaton e Jack Nicholson que, como ela disse ao receber o Globo de Ouro naquele ano, somavam mais 120 anos juntos. Muito divertido.

Tudo Acontece em Elizabethtown (Elizabethtown)
Dir.: Cameron Crowe

Bem diferente da maioria dos filmes, este é daqueles títulos que conta uma história simples sem ficar o tempo todo apelando para clichês. O casal principal, interpretado por Orlando Bloom e Kirsten Dunst combina bem e a trilha sonora é maravilhosa.

Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall)
Dir.: Woody Allen

Depois de quase apanhar por não ter incluído este título no post sobre as comédias românticas, eis aqui uma das melhores histórias de amor que o cinema já contou. Recheado de falas memoráveis, o filme chamou a atenção de todos para o seu diretor, roteirista e ator, Woody Allen. Daqueles obrigatórios para cinéfilos.

Hitch – Conselheiro Amoroso (Hitch)
Dir.: Andy Tennant

Mesmo não sendo uma das maiores fãs de Will Smith, que considero bom apenas, não tem como não incluir na lista essa comédia inspirada e que só funciona por ter o ator encabeçando o elenco. Apesar dos clichês, o filme é divertido e cativante.

Quatro Casamentos e um Funeral (Four Weddings and a Funeral)
Dir.: Mike Newell

Se me perguntassem quem é o ator mais Meg Ryan das comédias românticas, a primeira escolha seria Hugh Grant. Além dos olhos azuis e da cara perfeita para bobões apaixonados, o inglês está presente em quase todos os grandes títulos do gênero. Este é um dos primeiros e também um dos melhores.

E Se Fosse Verdade (Just Like Heaven)
Dir.: Mark Waters

Não é a primeira vez que misturam seres do além com gente de carne e osso e o resultado é bom. Apesar de não ser um filme tão popular e de todas as diferenças entre o livro e o roteiro, é um daqueles títulos que prendem os espectadores até o final e ainda dão aquela vontadezinha básica de chorar.

Feitiço do Tempo (Groundhog Day)
Dir.: Harold Ramis

Este é uma unanimidade. Todo mundo já viu, se bobear mais de uma vez, e adora. A história de um dia que se repete sem parar vai muito além do amor entre os personagens de Bill Murray e Andie MacDowell e traz várias outras questões à tona. Mas a gente sempre torce pelos dois. É sempre bom rever.

Doce Lar (Sweet Home Alabama)
Dir.: Andy Tennant

Outra que não me agrada muito é a loirinha Reese Whiterspoon, mas lá vem ela para o segundo título na mesma lista. A história é boba, cheia de clichês e segue todos os passos de uma boa comédia romântica. Talvez por isso seja tão charmosa.

Muito Bem Acompanhada (The Wedding Date)
Dir.: Clare Kilner

Mulheres que não suportam conviver com o próprio fracasso amoroso também são tema recorrente em filmes de amor e é basicamente sobre isto que fala Muito Bem Acompanhada. Apesar da dupla de atores ter uma química inesperada, não foi um filme que fez o sucesso que merecia fazer.

São esses os dez títulos que estavam faltando no nosso top 10. Você acrescentaria mais algum?

Um feliz dia dos namorados para todos!

A lista vai especialmente para Renata Oliveira, Tiago Freitas, Clara Luna, Fabiana Derzié, Rafael Luz, Fernando Henrique, Daniel Barroso, Mônica Miranda e Tatiana Marinho. Se você quer ver algum tema específico aqui no Top 10, basta enviar um email com o pedido para [email protected].