Aconteceu ontem (6) a premiação do Annie, considerado o Oscar da animação. O longa-metragem brasileiro O Menino e o Mundo, dirigido por Alê Abreu, foi escolhido como a melhor animação independente.

A animação nacional também foi indicada em outras duas categorias: melhor trilha sonora e melhor desenho de produção. Ambos ganhos por Divertida Mente, dos estúdios Pixar. O longa americano dominou a premiação e saiu do Annie com dez prêmios, incluindo o de melhor filme.

A animação em produções em live-action também faz parte da premiação. Neste ano foram premiadas as animações no documentário Malala, os efeitos animados em Vigandores: Era de Ultron e animação de personagem, ganha por O Regresso e seu impressionante urso computadorizado.

Nas categorias individuais também teve lugar para surpresa, com a vitória de Phyllis Smith, dubladora da Tristeza de Divertida Mente sobre a excelente Jennifer Jason Leigh, por Anomalisa. Parece mesmo que 2015 foi o ano do filme que se passa dentro da cabeça de Riley.

O-menino-e-o-mundo_interno1

O Menino e o Mundo vence prêmio de melhor animação independente no Annie 2016

Chances no Oscar

Pelo que tudo indica, o Oscar 2016 de melhor animação já tem destinação certa, mesmo tendo um ano com tantos filmes maravilhosos juntos. Mas um dos problemas dos outros concorrentes é que a campanha de marketing da Pixar é muito mais efetiva que a dos outros juntos.

Para que os outros indicados sejam conhecidos, as animações bolaram campanhas alternativas. O longa brasileiro O Menino e o Mundo optou pelo crowdfunding. Já falamos sobre isso aqui, mas sempre vale a pena recordar.

Confira os vencedores do Annie 2016 nas produções cinematográficas:

Melhor animação
Divertida Mente

Melhor produção especial animada
Malala

Melhor curta-metragem
World of Tomorrow

Melhor animação independente
O Menino e o Mundo

Melhor filme estudantil
ed

CATEGORIAS INDIVIDUAIS

Melhores efeitos animados
O Bom Dinossauro, por Jon Reisch, Stephen Marshall, Magnus Wrenninge, Michael Hall, Michael K. O’Brien

Melhores efeitos animados em filme live-action
Os Vingadores: Era de Ultron, por Michael Balog, Jim Van Allen, Florent Andorra, Georg Kaltenbrunner

Melhor animação de personagem
Divertida Mente, por Allison Rutland (todos os personagens)

Melhor animação de personagem em filme em live-action
O Regresso, por Matthew Shumway, Adrian Millington, Blaine Toderian, Alexander Poei, Kevin Lan (urso)

Melhor desenho de personagem
Divertida Mente, por Albert Lozano, Chris Sasaki (todos os personagens)

Melhor direção
Divertida Mente, por Pete Docter

Melhor trilha sonora
Divertida Mente, por MIchael Giacchino

Melhor desenho de produção
Divertida Mente, por Ralph Eggleston

Melhor storyboarding
Divertida Mente, por Tony Rosenast

Melhor dublagem
Divertida Mente, por Phyllis Smith (Tristeza)

Melhor roteiro
Divertida Mente, por Pete Docter, Meg LeFauve, Josh Cooley

Melhor montagem
Divertida Mente, por Kevin Nolting