(Akira, JAP, 1988)

Ação

Direção: Katsuhiro Ôtomo

Roteiro: Katsuhiro Ôtomo (quadrinhos e roteiro) e Izô Hashimoto

Duração: 128 min.

Sinopse

Após a completa devastação de Tóquio, em 1988, ocasionada por uma bomba deconhecida, tem início a Terceira Guerra Mundial. 31 anos após, em 2019, a cidade é reconstituída e ganha um novo nome, Neo-Tóquio.

Num cenário onde a decadência, grupos subversivos, gangues violentas e atentados terroristas se fazem presentes em todos os cantos, nossa história se inicia. Keneda, um adolescente das ruas, é o líder de uma gangue em constante combate com outras quadrilhas, e, numa dessas lutas, ele conhece uma estranha criança que explode a moto de Tetsuo, amigo de Keneda, deixando-o ferido.

Uma tropa do exército captura Tetsuo, amigo de Keneda e o leva para um laboratório militar, onde ele é submetido a uma operação que desenvolverá nele, incríveis poderes paranormais, um novo e letal armamento, capaz de destruir cidades inteiras.

Akira foi o primeiro jovem a sofrer essa transformação e agora repousa num abrigo subterrâneo.

Kaneda na tentativa de libertar Tetsuo, une-se a uma jovem terrorista, porém, ele já havia decidido fugir sozinho, colocando todo seu ódio e força, a serviço de sua sede de liberdade e vingança, transformando-se numa arma viva, mais poderosa que uma bomba nuclear.

Nas ruas de Neo-Tóquio, ele está diposto a acabar com todos que aparecem em seu caminho e, para detê-lo, o único ser capaz de realizar essa façanha, é Akira. Um confronto torna-se inevitável.