(The Grey, EUA, 2011)

Ação
Direção: Joe Carnahan
Elenco: Liam Neeson, Frank Grillo, Dermot Mulroney, Dallas Roberts, Joe Anderson, Nonso Anozie, James Badge Dale, Ben Bray, Anne Openshaw
Roteiro: Joe Carnahan, Ian Mackenzie Jeffers
Duração: 117 min.
Nota: 5 ★★★★★☆☆☆☆☆

A câmera crua e a arte gelada do bar nos primeiros momentos de A Perseguição enganam as expectativas de quem assiste ao longa, que acaba encontrando um filme muito mais competente em espírito do que em execução. Ainda que conte com uma edição de som competente, que sabe alternar o silêncio com sons naturais e muitos efeitos sonoros, e uma eficiente fotografia na neve, sempre difícil pelo excesso de branco, o filme não resiste a clichês e apelações desnecessárias para contar uma história que já tinha vida sem isso.

Ottaway (Liam Neeson) trabalha prestando serviços de segurança para uma companhia de petróleo no Alasca. Seu serviço é matar os lobos que aparecem, evitando que eles ataquem os trabalhadores. A compreensão do trabalho já começa antes que qualquer crise ecológica ameace aparecer e se confirma depois que ele e alguns companheiros sobrevivem a uma queda de avião no meio da neve.

Quem acompanha toda a jornada desses sete condenados, caçados por lobos e tentando sobreviver ao frio e à falta de comida e água, sabe que por mais que queira, não pode ter tantas esperanças. É na agonia do público que o diretor John Carnahan, dos frenéticos A Última Cartada e Esquadrão Classe A, aposta alto para explorar, por quase duas horas, o material ideal para um curta-metragem. E muitas vezes erra a mão.

Os clichês aumentam com o número dos lobos. Carteiras, histórias, fotografias, flashbacks e a repetição incansável de um texto bonito incomodam e chegam a diminuir o efeito da ação de algumas sequências. Os personagens também não conseguem ir além do esperado e já visto um monte de vezes em filmes de ação sobre situações extremas.

A sensação de “poderia ser melhor” é inegável, assim como é inegável o magnetismo causado pelo filme, que mesmo cheio de tropeços segura os espectadores até a última cena. Desnecessário, mas eficiente.

Um Grande Momento

A queda do avião.

Links

No IMDb Site Oficial