Nesse feriado da independência, um ótimo programa é conferir a 4ª edição do Festival de Cinemúsica, que acontece entre 3 e 7 de setembro na cidade de Conservatória, no Rio de Janeiro.

Conhecida como a Cidade da Seresta, durante esses cinco dias, Conservatória se transforma na Cidade do Cinema, com uma programação dedicada ao som na sétima arte.

Este ano, o tema do CineMúsica é a Música Popular Brasileira e vários títulos sobre grandes nomes da música foram selecionados. Entre eles, “Doces Bárbaros”; “Coração Vagabundo”; “Herbert de Perto”; “Tom Zé – Astronauta Libertado”; “Uma Noite em 67” e “Seu Jorge – América Brasil”.

O título escolhido para a abertura do festival foi o documentário “Onde a Coruja Dorme”, sobre Bezerra da Silva. A sessão acontece na Praça da Matriz, mesmo local de exibição das pré-estreias “Programa Casé – O que a gente não inventa, não existe” e “Zé Ramalho – O herdeiro de Avôhai”.

Além do cinema na praça, acontecem no charmoso Cine Centímetro, réplica do saudoso Metro Tijuca, as premières de “O Último Romance de Balzac”, de Geraldo Sarno, e “Dores e Amores”, de Ricardo Pinto e Silva.

Outras pré-estreias estão previstas para o CineMúsica 2010, como “Não se pode viver sem amor”, de Jorge Duran, e “O sol do meio dia”, de Eliane Caffé.

Mantendo a tradição de reservar parte de sua programação para celebrar o clássico, esta edição homenageia os 80 anos completados pela Cinédia e exibe “Tereré não Resolve” (1938), de Luiz de Barros. A sessão contará com a presença da diretora da Cinédia Alice Gonzaga.

Várias atividades paralelas estão programadas, como o Formacine, voltado ao público infantil e juvenil; oficinas de construção de instrumentos a partir de material reciclável; oficinas de percussão, expressão corporal e ritmo e apresentação do Grupo Encantarte, formado por alunos das escolas de Conservatória.

Paralelamente também acontece o Seminário Arte & Negócios, que tem o objetivo de ser um espaço de encontro da economia criativa do cinema musical, assim como diversas apresentações musicais e de dança, com destaque para a Orquestra Brasileira de Harpas, a Orquestra Sinfônica Jovem de Barra Mansa e projeto Cinematecla.

O tradicional Sabor CineMúsica, evento gastronômico que integra a estrutura do CineMúsica, continua sendo também um dos grandes atrativos para os cinéfilos e visitantes da cidade.

Com mais um dia de duração, as exibições acontecem no Cine Milímetro, na Praça da Matriz, no Cine Tela Brasil e no Cine Centímetro.

Mais informações no site do evento.