Foram anunciados hoje, 1º de novembro, os grandes vencedores da 36ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Os prêmios foram entregues da cerimônia de encerramento, que aconteceu no CineSESC e contou com uma sessão especial da animação Frankenweenie, novo filme do diretor Tim Burton.
Na competição Novos Diretores, a ficção israelense Preenchendo o Vazio, de Rama Burshtein, e o documentário afegão/estadunidense We Came Home, de Adriana Delaware, foram os grande vencedores pela escolha do júri. Entre as ficções, o público escolheu o longa Colegas, de Marcelo Galvão, e No, de Pablo Larraín, como as melhores. Entre os documentários, Sementes do Nosso Quintal, de Fernanda Heinz Figueiredo, e A Copa Esquecida, de Lorenzo Garzella e Filippo Macelloni.

A Bela que Dorme, de Marco Bellocchio, foi o escolhido pelo júri da crítica, que também premiou, com uma menção honrosa o longa Perder a Razão, de Joachim Lafosse.

Confira a lista completa de vencedores:

TROFÉU BANDEIRA PAULISTA 2012
PRÊMIO FICÇÃO – COMPETIÇÃO NOVOS DIRETORES
Menção honrosa para o ator Edin Hasanovic, do filme O Peso da Culpa
Melhor filme: Preenchendo o Vazio, de Rama Burshtein
PRÊMIO DOCUMENTÁRIO – COMPETIÇÃO NOVOS DIRETORES
Melhor filme: We Came Home, de Ariana Delawari

PRÊMIOS DA CRÍTICA
Melhor filme: A Bela Que Dorme, de Marco Bellocchio
Menção honrosa: Perder a Razão, de Joachim Lafosse

PRÊMIO ABRACCINE
Melhor filme brasileiro da seção novos diretores: Francisco Brennand, de Mariana Brennand Fortes

PRÊMIO DO PÚBLICO
Melhor filme brasileiro: Colegas, de Marcelo Galvão
Melhor filme estrangeiro: No, de Pablo Larraín
Melhor documentário brasileiro: Sementes do Nosso Quintal, de Fernanda Heinz Figueiredo
Melhor documentário estrangeiro: A Copa Esquecida, de Lorenzo Garzella e Filippo Macelloni

PRÊMIO DA JUVENTUDE
Melhor filme estrangeiro: Tenho 11 anos, de Genevieve Bailey
Melhor filme brasileiro: Colegas, de Marcelo Galvão

PRÊMIO ITAMARATY 2012
Melhor documentário: Francisco Brennand, de Mariana Brennand Fortes
Melhor ficção: O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho